domingo, 14 de agosto de 2022
Dourados
33°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

TRE: Coligações aguardam até amanhã decisão sobre inserções

15 agosto 2004 - 23h00

Todas as coligações que concorrem à Prefeitura de Campo Grande aguardam uma decisão do o TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) que deve ocorrer até às 17 horas de amanhã, sobre o pedido de reformulação dos critérios de inserção diária no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. A discussão acontece em relação à freqüência e distribuição com que cada uma das coligações exibirá seus comerciais de no máximo 60 segundos por bloco. Os critérios impostos pela Lei 9.504, que trata da propaganda eleitoral gratuita, na visão dos partidos, acabam prejudicando os candidatos, seja por excesso ou falta de exposição. O advogado da coligação "Campo Grande Para Todos" (PT-PP-PCdoB-PMN), Valeriano Fontoura, explicou porque o sistema até então adotado desagrada às siglas. Um dos inconvenientes seria causado, por exemplo, ao próprio PMDB que iria aparecer sozinho cinco dias seguidos numa freqüência muito grande. Enquanto isso, legendas com menor tempo de propaganda só iriam aparecer no final do período programado para o primeiro turno. A nova proposta prevê um tratamento proporcional ao tempo de cada partido. Na sugestão anterior, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as coligações menores seriam privilegiadas com os últimos dias da campanha na mídia, em detrimento aos primeiros. Isso porque o TSE considera os dias finais de campanha essenciais para o conhecimento das propostas de cada candidato e conseqüentemente para a definição eleitoral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANÁLISE

Brasil deve encerrar 2022 com índices de extrema pobreza em queda

Propaganda eleitoral começa nesta terça-feira
POLÍTICA

Propaganda eleitoral começa nesta terça-feira

Menina de 8 anos é vítima é atingida por bala perdida em frente a salão de festa
CAPITAL

Menina de 8 anos é vítima é atingida por bala perdida em frente a salão de festa

Morre Paulo Roberto Costa, 1º delator da Lava Jato e ex-diretor da Petrobras
BRASIL

Morre Paulo Roberto Costa, 1º delator da Lava Jato e ex-diretor da Petrobras

Dourados e outras cidades de MS estão em alerta por baixa umidade do ar
TEMPO

Dourados e outras cidades de MS estão em alerta por baixa umidade do ar

SONORA

Homem é ferido a facadas durante discussão em fazenda

PAGAMENTO INSTANTÂNEO

Mais chaves PIX do que brasileiros: número de cadastros para transferências é o dobro da população

DOURADOS

Cras do Jóquei Clube tem serviços da "Sala do Empreendedor" nesta segunda-feira

ANGÉLICA

Polícia investiga incêndio em conjunto de quitinetes

MEGA SENA

Apostas de SP, RJ, PR e uma feita pela internet acertam as seis dezenas e levam mais de R$ 6 milhões

Mais Lidas

DOURADOS

Acusado de raptar a ex e trocar tiros com a polícia tem alta e é levado para delegacia

DOURADOS

Homem que trocou tiros com a polícia na Linha do Potreirito havia sequestrado a ex

EMBRIAGUEZ

Caminhonete ocupada por cinco jovens capota na BR-376

DOURADOS

Douradense contaminado com "varíola dos macacos" viajou para o Paraguai recentemente