Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Trabalhadores rurais levam reivindicações ao presidente Lula

02 junho 2005 - 09h18

Os trabalhadores rurais que participam do Grito da Terra 2005 aguardam ser recebidos hoje, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para discutir as questões centrais da categoria. A informação foi dada pelo presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais na Agricultura (Contag), Manoel dos Santos, na tarde de ontem, ao deixar o encontro que teve com o presidente da Câmara, deputado Severino Cavalcanti (PP-PE)."Estamos aguardando o momento em que sentaremos com o presidente Lula e com a equipe econômica para tratar dos pontos centrais da pauta de reivindicações. Porque da periferia já tratamos nos diversos ministérios", disse. Santos considerou positivo o balanço do primeiro dia do movimento.Segundo Manoel dos Santos, os trabalhadores rurais vão centrar agora as discussões em temas que dependem de decisão política e de recursos. Esse é o caso, do aumento do volume de recursos para o plano safra 2005/2006 e para a assistência técnica, que a categoria considera "um grande problema". Santos disse também que os trabalhadores querem mais recursos para fazer avançar o processo da reforma agrária, garantia do cumprimento das metas estabelecidas pelo próprio governo e maior fiscalização nas fronteiras agrícolas.No encontro de ontem, os representantes Contag pediram apoio de Severino Cavalcanti para a votação de uma série de matérias de interesse da categoria. Cavalcanti prometeu que, tão logo a pauta da Câmara esteja desobstruída, as matérias irão a votação.Manoel dos Santos considerou positivas as reuniões dessa quarta-feira com o presidente da Câmara e com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). "Foram recepções calorosas. Eles não se colocaram contra nenhuma das nossas propostas. Precisamos continuar a mobilização, porque entre a recepção, a mobilização e a aprovação dos projetos, sabemos que são outros 500", reconheceu.Os representantes da Contag pediram apoio aos parlamentares para votação e aprovação dos projetos de suplementação orçamentária para a Reforma Agrária, que deverá ser encaminhado ao Congresso neste mês. Para eles, isso "constitucionaliza" a política para a agricultura familiar, que pela proposta deixará de ser de governo para ser definida em lei.Para os representantes da Contag, a medida garantirá a permanência dos trabalhadores rurais no regime geral da Previdência a partir de 2007. Eles também querem agilização da votação da emenda constitucional que trata da expropriação das terras onde for encontrado trabalho escravo e do projeto que regulamenta o que é trabalho escravo e define as penalidades.Manoel dos Santos reconheceu que não será fácil a aprovação das matérias que tratam do trabalho escravo. "Temos hoje uma queda de braços entre as forças políticas que defendem que não existe trabalho escravo no setor empresarial rural e aqueles que comprovam a existência do trabalho escravo", disse, acrescentando que não é uma matéria simples. "Sabemos das suas dificuldades. Por isso, é preciso fazer uma grande mobilização para votar". Severino Cavalcanti garantiu aos trabalhadores rurais que na Câmara não tem ninguém que queira o trabalho escravo. "Eu não conheço ninguém aqui", afirmou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
ECONOMIA
Senadora Soraya Thronicke reforça retomada do setor de eventos de MS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
ESCALADA DA PANDEMIA
Brasil registra mais 1.824 mortes por Covid-19 e chega a 353,3 mil
CORUMBÁ
Mulher pede para marido prender cachorros e é agredida com coleira
Médicos e policiais fazem mobilização sobre novas regras de trânsito
SIDROLÂNDIA
Após bebedeira, homem bate em filho e é esfaqueado pela esposa
BRASIL
Exército confirma 1ª morte de um militar da ativa vítima da Covid-19
FUTEBOL
Dourados volta a vencer Águia Negra e fecha fase na liderança
CORONAVÍRUS
Ator Paulo Gustavo segue internado e boletim diz que situação é crítica

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos