Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Trabalhadores de MS farão o "enterro" do presidente Lula

06 agosto 2004 - 13h00

Trabalhadores de Mato Grosso do Sul e de vários Estados vão realizar um protesto contra o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, que quer acabar, através das reformas sindical e trabalhista, com direitos "sagrados" como férias, 13º salário, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e outros benefícios conquistados com anos de muita luta. Durante um congresso nacional, que será realizado em Santa Catarina, em setembro, eles pretendem fazer o "enterro" do presidente Lula, cuja política, voltada para a classe operária, está sendo comparada à da era Vargas, quando os sindicatos sofriam intervenções e não tinham direitos na luta pelos interesses da classe.A decisão desse protesto, com direito a desfile pelas principais ruas de Florianópolis com o "caixão com o presidente Lula dentro" e o enterro simbólico daquele que chegou ao poder graças ao sindicalismo, foi tomada há pouco numa reunião em Campo Grande, entre lideranças sindicais de vários Estados.O Congresso será realizado pela Federação Nacional dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias e Auxiliares Administrativos e Comércio de Café e Armazéns Gerais. O presidente da entidade, Raimundo Firmino dos Santos está em Campo Grande para discutir a pauta do evento. Ele está reunido com as demais lideranças na sede da Federação dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Mato Grosso do Sul, que é presidida por José Lucas da Silva, coordenador do Fórum Sindical dos Trabalhadores

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado