Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Trabalhador rural morre eletrocutado em Maracaju

22 outubro 2003 - 19h15

O trabalhador rural, Heitor Walmir Martins Costa de 34 anos, da Fazenda Santo Antônio região  da Água-Fria em Maracaju, morreu nesta tarde depois de sofrer uma descarga elétrica. Heitor estava encostado em uma cerca quando possivelmente um cabo de alta tensão se rompeu atingindo a cerca e matando o trabalhador. Heitor ainda foi socorrido e levado para um Hospital de Maracaju onde não resistiu aos ferimentos. O caso será investigado pela Polícia Civil.  (Antonio Coca)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inmet estende até sábado alerta de chuvas intensas em Dourados
CLIMA
Inmet estende até sábado alerta de chuvas intensas em Dourados
Prefeitura busca alternativas para recolhimento do lixo eletrônico em Dourados
MEIO AMBIENTE
Prefeitura busca alternativas para recolhimento do lixo eletrônico em Dourados
MS ultrapassa 3,4 mil óbitos por coronavírus e tem mais de 700 internados
PANDEMIA 
MS ultrapassa 3,4 mil óbitos por coronavírus e tem mais de 700 internados
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor
Estado regulamenta guarda externa dos presídios, custódia hospitalar e escolta
MS
Estado regulamenta guarda externa dos presídios, custódia hospitalar e escolta
ECONOMIA
Frentistas de MS terão aumento de 5,5% este mês
DOURADOS
MPE terá apoio de antropólogos da UFGD em casos com crianças indígenas
FISCALIZAÇÃO
Carga de descaminho avaliada em R$ 600 mil é apreendida na região de Dourados
BRASIL
Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro
DOURADOS 
Farejadores encontram droga avaliada em R$ 25 mil na bagagem de adolescente

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados