Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Torcedor brigão pode ser impedido de assistir jogo

06 janeiro 2004 - 14h22

O torcedor condenado por crime praticado em estádios pode ser proibido de assistir novos jogos se o projeto de lei (PL 155/03) do deputado João Herrmann Neto (PPS-SP) for aprovado pelo Congresso Nacional. A proposta determina que, durante o período da pena, o condenado se apresente à autoridade competente pouco antes do início do evento esportivo e seja impedido, inclusive, de ver o jogo pela televisão ou de escutá-lo pelo rádio. "O torcedor marginal que freqüenta os estádios, por força de uma legislação penal suave, é beneficiado por medidas como livramento condicional e suspensão condicional do processo. Assim, permanece livre e continua a freqüentar os estádios, não raro, reincidindo nas condutas criminosas", explica o autor. A restrição proposta atinge apenas eventos esportivos da mesma natureza daquele em que o crime foi cometido. Ou seja, "o torcedor condenado que praticou crime em um jogo de futebol ficará confinado durante todos os jogos de futebol oficiais que forem transmitidos pela televisão ou rádio", explica João Herrmann Neto. VOTO CONTRA O relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça e de Redação, deputado Inaldo Leitão (PSDB-PB), defende que ela seja rejeitada pelos deputados. Ele esclarece ser contra o projeto porque o Estatuto de Defesa do Torcedor já prevê que o torcedor que promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ficará impedido de comparecer a qualquer local em que se realize evento esportivo. Essa restrição pode durar de três meses a um ano. O parecer do relator ainda precisa ser votado pela comissão e, depois, o projeto irá a Plenário.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TACURU
Motorista morre prensado após bater em trator na rodovia MS-295
DANOS MORAIS
Justiça manda União indenizar Dallagnol por ofensas de Gilmar Mendes
CAPITAL
Servidor da Saúde morre de covid-19 e colegas lamentam "descaso"
EMPREGO
País tem 95 concursos públicos abertos para mais de 10 mil vagas
BRASILEIRAO
CBF anuncia mudanças no protocolo de testes para a Covid-19
RACHADINHA
Defesa de Fabrício Queiroz entra com pedido de liberdade no Supremo
CAMPO GRANDE
‘Preferia morrer ali do que ir com eles’, desabafa mulher vítima de sequestro
INTERNACIONAL
Discurso de Trump é interrompido após tiro do lado de fora da Casa Branca
CORONAVÍRUS
Técnico de enfermagem é o 4º profissional da Saúde morto em Corumbá
JUSTIÇA
Consumidor tem direito de troca imediata de bem essencial ao trabalho

Mais Lidas

REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo
FRONTEIRA
Ex-lutador de MMA é executado a tiros em confraternização