Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Tetila quer serenidade para curso de Medicina e UFGD

18 março 2004 - 16h25

Na reunião que aconteceu na manhã de hoje, em Brasília com o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação, Nelson Makulan Filho, o prefeito de Dourados Laerte Tetila (PT) pediu agilidade para a solução dos problemas que envolvem o curso de Medicina da UFMS de Dourados, assim como para a implantação da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Participaram da reunião ainda o secretário municipal de Governo, Wilson Biasotto, os três senadores de Mato Grosso do Sul (Delcídio do Amaral, Ramez Tebet e Juvêncio da Fonseca), além dos deputados federais João Grandão, Antonio Carlos Biffi, Geraldo Resende, Waldemir Moka e representantes dos outros deputados, do professor Damião Duque de Faria, da Associação dos Docentes da UFMS-Dourados, representantes da OAB e do Ministério Público Federal.Logo no início do encontro, Tetila encaminhou uma mensagem do governador Zeca do PT  que também quer mais agilidade na solução dos problemas existentes. Segundo Tetila, uma comissão foi formada e já se reúne durante à tarde de hoje, buscando alternativas e soluções em curto prazo. “Um dos assuntos da pauta será a possível transferência dos alunos da 5ª ano para Campo Grande”, destacou.Durante sua fala o prefeito pediu prioridade para a solução dos problemas do curso de Medicina, propondo inclusive um convênio entre o Ministério da Educação e a Prefeitura de Dourados, visando repassar recursos que permitam a contratação de mais professores. “Contratar apenas 20 docentes não resolveria o caso da Medicina”, afirmou Tetila, enfatizando ainda que “o secretário se mostrou bastante sensível a essa proposta que pode viabilizar mais contratações”.Outro ponto ressaltado pelo prefeito Tetila diz respeito à criação da UFGD. “Já foi feito todo o trabalho político. Agora o MEC precisa acabar de fechar o projeto e que seja concluído todo os caminhos burocráticos, passando pelo Ministério do Planejamento, Casa Civil e finalmente encaminhamento à Câmara dos Deputados para votação e aprovação”, disse. Ele reforçou a necessidade de agilidade para que essa votação aconteça até junho. “Com a criação teremos em Dourados um corpo técnico, com reitor, coordenadores e outros integrantes, além de um grupo pensante com dedicação exclusiva e período integral que resolva as pendências de todos os cursos Dourados”, ponderou Tetila, complementando que “também poderemos abrir concurso para novos cursos, criar alternativas para a construção do bloco de Medicina e outros prédios, além de ter vestibular no início de 2005”.Para Tetila, “esse é o caminho mais seguro e firme, pois com a criação da UFGD teremos muito mais serenidade para resolver as questões, por exemplo, do Hospital Universitário”, finalizou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAIS DE MIL POR DIA
Ocupação elevada de UTIs pode aumentar média de vítimas de covid-19
Câmara de Dourados entrega o prêmio Marta Guarani na próxima segunda
DIA INTERNACIONAL DA MULHER
Câmara de Dourados entrega o prêmio Marta Guarani na próxima segunda
MS
STF nega ação de governos estaduais sobre piso nacional do magistério da educação básica
Suspeito de planejar morte de policial é preso com auxilio de drone
LADÁRIO
Suspeito de planejar morte de policial é preso com auxilio de drone
Decisão do STJ será avaliada pela polícia antes de ser colocada em prática
MATO GROSSO DO SUL
Decisão do STJ será avaliada pela polícia antes de ser colocada em prática
CLIMA
Inmet estende até sábado alerta de chuvas intensas em Dourados
MEIO AMBIENTE
Prefeitura busca alternativas para recolhimento do lixo eletrônico em Dourados
PANDEMIA 
MS ultrapassa 3,4 mil óbitos por coronavírus e tem mais de 700 internados
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor
MS
Estado regulamenta guarda externa dos presídios, custódia hospitalar e escolta

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados