sexta, 21 de junho de 2024
Dourados
33ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Terremotos deixam 4 mortos e 300 feridos em Tóquio

23 outubro 2004 - 15h00

O violento tremor de terra de 6,8 graus na escala Richter que sacudiu neste sábado Tóquio e arredores causou quatro mortes e deixou 300 pessoas feridas, segundo informação da GloboNews. Foram quatro terremotos ao todo.De acordo com agências de notícias locais, uma pessoa morreu em Ojiya, na cidade de Nigata, epicentro do terremoto, e vários automóveis foram soterrados na região, onde as estradas se romperam em alguns trechos. Em Tokamachi, um homem de 30 anos morreu quando uma parede de um restaurante caiu em cima dele, afirmou um empregado do Hospital Tokamachi, informa a AFP.Um trem-bala, veículo que viaja a 300 km por hora, descarrilou quando fazia o trajeto Tóquio-Niigata e passou perto do epicentro do tremor, a cerca de 200 km ao norte de Tóquio e 20 km sob a terra. O tráfego ferroviário foi suspenso na região, onde dois túneis também desabaram.O terremoto sacudiu os edifícios da capital japonesa durante vários minutos e diversos movimentos foram registrados nos 30 minutos posteriores ao começo do tremor, às 17h56 (8h56 GMT), incluindo um de 6,3 graus na escala Richter às 18h37 (9h37 GMT), segundo a agência meteorológica japonesa. Entretanto, esta afirmou que não há risco de tsunamis (ondas gigantes).Cerca de 250 mil casas ficaram sem energia elétrica em Nigata, afirmou a empresa Tohoku Electric Power Co. Mas o aeroporto da cidade não foi afetado.No final de semana passado, dois tremores, um de 5,6 graus na escala Richter, também sacudiram Tóquio e arredores, sem fazer vítimas ou causar prejuízos materiais.O Japão encontra-se sobre quatro placas tectônicas, com milhares de movimentos por ano, e sua capital pode ser afetada por um grande terremoto a qualquer momento.O pior tremor registrado no país nos últimos anos foi de 7,2 graus na escala Richter, em Kobe (sudoeste), em janeiro de 1995, responsável pela morte de seis mil pessoas."No início, senti um golpe vertical e depois os tremores continuaram por um momento", relatou Kyoichi Sato, um funcionário encarregado das situações de emergência em Nagaoka, em Nigata."As coisas caíam das estantes e as pessoas ficaram paradas, mas não houve pânico", acrescentou.O primeiro-ministro Junichiro Koizumi ordenou a seus ministros que fizessem todos os esforços possíveis para ajudar as vítimas. O ministro da Defesa convocou uma equipe de emergência e enviou 11 aviões para avaliar os danos nas áreas afetadas.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cozinha Experimental da Cassems une tradição e nutrição para aproveitar a temporada junina 
NUTRIÇÃO

Cozinha Experimental da Cassems une tradição e nutrição para aproveitar a temporada junina 

PROJETO DE LEI

Comissão analisa preferência para carro movido a biocombustível ou hidrogênio

Início do inverno traz possibilidades para curtir o friozinho em vários cantos do país
TURISMO

Início do inverno traz possibilidades para curtir o friozinho em vários cantos do país

Cancelamento unilateral de planos de saúde é tema de audiência na Câmara na terça-feira
SAÚDE

Cancelamento unilateral de planos de saúde é tema de audiência na Câmara na terça-feira

Brasil celebra abertura de mercado para peixes ornamentais nas Filipinas
APROVAÇÃO

Brasil celebra abertura de mercado para peixes ornamentais nas Filipinas

ECONOMIA

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

POLÍTICA

Senado participa de encontro literário no Amapá

EDUCAÇÃO

Projeto "Cinema e teatro na escola" é realizado com estudantes do AJA da EE Presidente Vargas

JUNHO VERMELHO

Câmara e Associação de Surdos e Intérpretes participam de doação de sangue no Hemosul

SAÚDE PÚBLICA

Mortes por Influenza chegam a 50 em MS e jovem de 20 anos está entre vítimas recentes

Mais Lidas

TEMPO

Meteorologia aponta inverno dos 'extremos' com geada e onda de calor em MS

DOURADOS

Ladrões fazem 'arrastão' e levam quatro caminhonetes durante a madrugada

DOURADOS

Exército diz que pista do Aeroporto será entregue até 30 de junho

INFORME PUBLICITÁRIO

Inauguração da 3ª unidade do Supermercado Pires em Dourados com promoções imperdíveis