sexta, 21 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
23°min
Campo Grande
35°max
22°min
Três Lagoas
37°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Terras federais podem ser usadas na reforma agrária, diz Bonelli

15 outubro 2003 - 15h30

O Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) pode usar terras da União, do Banco do Brasil e do Exército para assentar famílias em Mato Grosso do Sul. A possibilidade foi divulgada hoje pelo superintendente regional do órgão, Luiz Carlos Bonelli. Este ano, apenas 175 famílias foram assentadas no Estado e 17 mil estão em áreas acampadas. O presidente nacional do Incra, Rolf Hackbart, afirmou que a burocracia e as pressões dos ruralistas no Congresso Nacional e Judiciário, dificultam o processo de reforma agrária. Hackbart anunciou em Campo Grande a disponibilidade de verbas para custeio da safra, destinadas às famílias do assentamento Itamaraty, em Ponta Porã. Os assentados devem receber R$ 17 milhões através do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMUNIZAÇÃO INFANTIL

Ministério inclui CoronaVac para crianças na campanha de vacinação

CRIME AMBIENTAL

Arrendatário é multado em R$ 22 mil por manter gado em área protegida 

MERCADO FINANCEIRO

Dólar sobe para R$ 5,45, mas tem segunda semana seguida de queda

RIO BRILHANTE 

Homem cobra R$ 5 mil para deixar de fazer ameaças a ex-mulher

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil registra 396 mortes por Covid em 24 h; média bate novo recorde

CAPITAL

Homem invade casa de vizinho e estupra menina de 12 anos

PEQUENOS NEGÓCIOS

Empresas terão até março para regularizar dívidas do Simples

VIOLÊNCIA

Idoso é assassinado a pauladas por não querer pagar bebida em bar

IMUNIZAÇÃO

Alan diz que Dourados aguarda orientação para aplicação de Coronavac em crianças

SETE QUEDAS

Mulher agredida no Natal morre e suspeito é preso tentando fugir

Mais Lidas

REGIÃO

Jovem acusado de assassinar diretor de escola em 2012 troca tiros com a polícia e morre

REGIÃO

Trabalhador morre após sofrer descarga elétrica na BR-463

FRONTEIRA

Líder do PCC que tinha fugido de presídio do Brasil, é preso junto a comparsas no Paraguai

FRONTEIRA

Ostentação levou polícia até professor que faturava alto para guardar drogas