Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Termina sexta-feira o prazo para recursos contra o IPVA

07 janeiro 2004 - 10h54

Termina na próxima sexta-feira, o prazo para os contribuintes que discordam do valor do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) recorrerem junto às Agências Fazendárias. Este ano, o governo de Mato Grosso do Sul é recolher R$ 79,6 milhões com o imposto em 2004. Do total da receita, 50% é transferida aos municípios e o restante dividido de acordo com o local onde o veículo está cadastrado na época do recolhimento. O consumidor que pagar o valor à vista terá desconto de 10% no valor pago a vista, ou parcelar o valor em até três vezes com vencimento em 30 de janeiro, 27 de fevereiro e 31 de março.A base de cálculo do imposto este ano leva em conta, além da marca, o modelo do veículo. Automóveis novos adquiridos em concessionárias do Estado têm isenção de IPVA pelos primeiros 12 meses. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Em dia que município registrou a 33ª morte por coronavírus, Dourados teve 52,5% em isolamento
BATAGUASSU
Bêbado é preso incomodando populares e descumprindo medida sanitária
NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
Mercado imobiliário e reflexos pandemia Covid-19
BRASIL
Mercado financeiro prevê queda da economia em 6,5% este ano
DOURADOS
Acidente entre moto e carro deixa homem com suspeita de fratura em uma das pernas
HOSPITAL DA VIDA
Condutor de veículo que atingiu ciclista presta depoimento no hospital
DOURADOS
Semana começa com previsão de sobe e desce de temperatura, entre 8ºC e 34ºC
IZIDRO PEDROSO
Acusado de matar secretário de Agricultura será ouvido nesta manhã
BR-163
Acidente envolvendo carro e carreta deixa duas pessoas mortas
TV DOURADOS NEWS
Como ficam as novas regras para as eleições 2020? Quem explica é o advogado Noemir Felipetto

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário