Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
SEM DOURADOS BRILHA

‘Temporários’ falam de oportunidade e comerciantes reclamam centro "apagado"

‘Temporários’ falam de oportunidade e comerciantes reclamam centro ‘apagado’

02 dezembro 2017 - 07h15Por Gizele Almeida

O primeiro dia de dezembro “abre” os horários de atendimento diferenciados para funcionamento das lojas no centro de Dourados (08 às 20h), e em muitos locais, ocorre o início das atividades dos funcionários temporários.

Conforme mostrado pelo Dourados News, a expectativa no município é da contratação de 570 trabalhadores nesse período. 

Em uma loja de vestuário ocorreu a contratação de sete vendedores. O gerente José Aparecido, 52, afirmou que preferiu contratar estes por 18 dias neste ano, sendo que no ano passado contratava por 30 dias e ele diz que opção se deu por conta dos “encargos trabalhistas que subiram”. 

Ele conta que o grupo está empenhado em realizar um bom atendimento ao público, porém, cita temer que este não compareça a área central como em outros anos devido a falta de atrativos na praça. 

“Nós comerciantes fomos prejudicados com o cancelamento do Dourados Brilha, a cidade ficará ‘morta’ no Natal e acreditamos que a população não virá como antes as ruas, o que é lamentável pela falta de lazer e pela falta de lucratividade a quem trabalha”, pontua. 

Questionado sobre como traçar ações para atrair o público à loja, mesmo sem as costumeiras atrações natalinas no centro da cidade, ele aponta que investirá em promoções, campanhas e uma boa divulgação. 

Joel Marcelo Azeredo, 45, gerente de uma loja de vestuário e calçados, contratou duas funcionárias para o regime temporário. Como requisitos, ele cita que prezou pela experiência na área para garantir um bom atendimento aos clientes. 

O comerciante também apontou ver de forma negativa o cancelamento do Dourados Brilha. Para ele, o fato trouxe receio de vendas não tão positivas para a maioria dos lojistas. 


“O evento chama a atenção, traz as pessoas para circularem nas ruas do centro, é uma pena ter cancelado e a cidade estar sem um brilho e os comerciantes incertos com o movimento e vendas”, diz. 

Oportunidade que pode ir além


Os dois comerciantes entrevistados pelo Dourados News afirmaram que há possibilidade dos temporários serem efetivados. Em um terceiro estabelecimento, o qual a gerente afirmou ter contratado duas vendedoras para dezembro, essa situação também foi citada. 


Para Carolina Dantas dos Santos, 22, essa perspectiva é a “busca do mês”. Ela conta que estava há cinco meses desempregada e agora contou com a oportunidade como vendedora em uma loja de roupas, o que a deixou feliz e com novas metas. 


“Eu sai de um emprego em uma lanchonete e depois nesse tempo não tinham propostas ou as que tinham não eram boas. Agora foi dentro que eu sempre quis que é vendas e estou me esforçando para ir além da meta e fazer um trabalho neste mês para que eu fique fixa”, pontuou. 


Emily Daniela Fernandes da Cruz, 20, conta que a oportunidade veio de encontro ao que pretendia para a vida profissional. Ela afirma que com vendas é possível garantir um salário melhor e compara a quando trabalhou como atendente de um bar, citando a chance de evoluir. 


“Vender é algo que eu sempre quis e agora vou me esforçar para ser contratada efetiva. Conseguindo uma boa clientela vou ganhar mais que o dobro do que já ganhei como atendente e não posso deixar essa chance passar, vou me esforçar”, pontuou. 


Horários


O horário de atendimento especial começa nesta sexta-feira, dia 01º, das 08h às 20h, no dia 8, feriado religioso da Imaculada Conceição, padroeira de Dourados, o comércio não abrirá. Do dia 11 ao dia 22, as lojas abrem das 08h às 22h.


No dia 20, o comércio abrirá das 10h às 20h, no dia 23 volta a ficar aberto até às 20h. Dia 25, Natal, o comércio não abrirá. 


Aos sábados e domingos, o horário será das 08h às 18h, dando direito ao trabalhador, duas horas de almoço.


Expectativa de movimentação financeira


O Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados) divulgou hoje (01) que a expectativa é de R$ 10,47 mi em compras no comércio de Dourados. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Ambiental fecha suinocultura em área protegida e autua gerente
VIREI BOIOLA
Bolsonaro faz piada homofóbica com guaraná no Maranhão; políticos reagem
AMAMBAI
Homem é preso em flagrante arrastando cadela pelas ruas
SISTEMA DE PAGAMENTO
Pix começa a funcionar no dia 3 de novembro para clientes selecionados
MEIO AMBIENTE
PMA Captura jiboia de quase três metros e arara ferida em residências
BRASIL
Justiça manda Saúde dizer se feijão do Pastor Valdemiro cura Covid-19
MS
Operação “Divisas Integradas III” apreende mais de 7 toneladas de drogas
MORTA A FACADAS
Brasileira é uma das três vítimas do atentado em Nice, na França
CAPITAL
Polícia demora 8 horas para prender, mas ladrão é solto em 3 minutos
DENTISTA
Cassems ressalta a importância da saúde bucal desde a primeira infância

Mais Lidas

PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
BRASIL
Acusado de matar ator Rafael Miguel e os pais é preso no Paraná
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização