Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
INTERNACIONAL

"Temos prosperidade, agora queremos paz", diz Trump

"Temos prosperidade, agora queremos paz", diz Trump

25 dezembro 2017 - 16h10Por Agência Brasil

Na véspera do Natal, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu pedidos de crianças, perguntou o que elas mais queriam do Papai Noel e revelou o que estava em sua própria lista de desejos. Um garoto queria blocos de construção. Outro pediu que sua avó saísse do hospital. Já Trump, que enviou uma série de tweets combativos desde que chegou em sua casa de férias na Flórida, disse que quer "paz para o país".

"Temos prosperidade, agora queremos paz", disse Trump a uma criança chamada Ryan, que pediu que o Comando de Defesa do Espaço Aéreo Norte-Americano (Norad) cheque o progresso do Papai Noel. A cada ano, na véspera do Natal, o Norad pretende rastrear o voo do Papai Noel e seu trenó puxado por renas, uma tradição desde 1955, quando uma loja de departamentos imprimiu errado um número de telefone, gerando milhares de ligações a um coronel da Norad, que entrou na brincadeira.

Sentado em uma cadeira dourada ao lado da primeira-dama Melania, em uma sala ornamentada e elegante, o presidente conversou de maneira entusiasmada com jovens e seus pais. Jornalistas na sala conseguiam ouvir apenas o lado do presidente na conversa.

Em um estilo impetuoso, que é sua marca registrada, desenvolvida durante uma carreira no mundo imobiliário de Nova York, Trump previu que as crianças teriam o melhor Natal que já tiveram. "Eu vou fazer uma previsão: o Papai Noel vai te tratar bem. Muito bem. Da melhor maneira que ele já te tratou", ele disse a uma criança do Mississippi, fazendo um convite para que esta fosse algum dia ao Salão Oval, na Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos.

Casper de Arlington, na Virginia, foi a criança que falou depois que Trump revelou seu desejo. "Blocos de construção! Eu sempre gostei disso também", exclamou o presidente. "Eu prevejo que o Papai Noel te trará blocos de construção, tantos que você nem será capaz de usar todos eles", disse Trump. Já Ryan disse ao presidente que queria que sua avó saísse do hospital. "Isso é ótimo. É melhor que pedir por um brinquedo ou algo", disse Trump.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARAGUAI
Ministra fecha presídio onde filha de servidor tentou entrar com dinamite
CONFRONTO DE VERSÕES
PGR diz que Flávio Bolsonaro não cometeu crime ao faltar à acareação
IVINHEMA
Homem procura delegacia após ser ameaçado pela esposa, 'vou te matar'
UEMS
Simpósio de Ensino em Saúde debate enfrentamentos e resiliência na área
TJ/MS
Queda de produtos da prateleira gera indenização de R$ 8 mil a mãe e filha
CORONAVÍRUS
Senador Arolde de Oliveira morre no Rio aos 83 anos vítima de Covid
CRIME AMBIENTAL
Trio é autuado em R$ 2,7 mil por pesca ilegal com petrechos proibidos
CORONAVÍRUS
Voluntário do teste da vacina de Oxford que morreu tomou placebo
REGIÃO
Homem é autuado por maus-tratos a cachorros
RELIGIÃO
Papa Francisco defende união civil entre gays: 'São filhos de Deus'

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados