Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
POLÍTICA

Temer volta a Brasília após alinhar estratégia de defesa com advogados em SP

Temer volta a Brasília após alinhar estratégia de defesa com advogados em SP

30 setembro 2017 - 15h20Por G1

O presidente da República, Michel Temer, retornou neste sábado (30) a Brasília de viagem de um dia a São Paulo para discutir com advogados estratégia de defesa para a segunda denúncia, que será analisada pela Câmara dos Deputados nas próximas semanas.


Temer é alvo de uma segunda denúncia da Procuradoria Geral da República, desta vez por organização criminosa e obstrução à Justiça. Caberá à Câmara autorizar ou não o Supremo Tribunal Federal (STF) a analisá-la. Além dele, a denúncia envolve ainda os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil).


O presidente foi notificado na quarta-feira (27) pela Câmara sobre a chegada da denúncia. A defesa dele terá prazo de até dez sessões do plenário para apresentar os seus argumentos à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que apreciará o caso antes de enviá-lo ao plenário.


O presidente pousou por volta de 11h40 deste sábado na capital federal e seguiu para o Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, onde mora. Assim que chegou, ele já recebeu Moreira Franco.


Antes, pela manhã, ele havia se reunido em São Paulo com o consultor político e amigo Gaudêncio Torquato. O tema do encontro não foi divulgado.


Segundo o Palácio do Planalto, o presidente não tem, por enquanto, compromissos oficiais neste fim de semana, apenas agenda privada.

Segundo o Blog da Andréia Sadi, o presidente foi a São Paulo tratar da denúncia. Ele se encontrou na tarde de sexta com os advogados Antonio Claudio Mariz, que deixou sua defesa na semana passada, e Eduardo Carnelós, seu novo defensor.

Embora tenha deixado a causa, Mariz segue como um dos principais conselheiros do presidente. O advogado alegou conflito de interesse por ter atuado na defesa do doleiro Lúcio Funaro.


Funaro fez uma delação premiada – homologada pelo STF – e parte dos depoimentos serviu para basear a segunda denúncia contra Temer.


Temer também recebeu na sexta a deputada Bruna Furlan (PSDB-SP). A parlamentar foi a única tucana da bancada paulista a votar a favor de Temer na primeira denúncia na Câmara dos Deputados.


O presidente aproveitou ainda a sua ida a São Paulo para fazer exames de rotina no Hospital Sírio Libanês.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher