Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
TECNOLOGIA

Telegram, o app que ganhou 1,5 milhão de usuários com a suspensão do WhatsApp

17 dezembro 2015 - 20h35

Ninguém discute que o brasileiro é um grande fã de WhatsApp. Mas, diante da suspensão, muitos saíram em busca de uma alternativa ao app. Um dos escolhidos foi o Telegram que, segundo informações da sua conta oficial no Twitter, já contabilizou mais de 1,5 milhões de novos usuários oriundos do Brasil nas últimas 12 horas. Durante a madrugada, o serviço, que verifica o número de celular do usuário mediante o envio de um SMS, enfrentou alguns períodos de lentidão e muitos inscritos só receberam o código horas depois de baixar o aplicativo.

Mas, afinal, por que o Telegram?

Criado pelos irmãos Durov, os mesmos fundadores da rede social mais popular da Rússia, a VKontakte, também conhecida como VK, o programa para celulares combina a rapidez do WhatsApp à efemeridade das mensagens do Snapchat, além de recursos de segurança avançados. Uma das vantagens do Telegram é que suas mensagens são criptografadas, uma tecnologia que permite que só o emissor e o receptor as leiam e, assim, confere mais privacidade a seu conteúdo. O Estado Islâmico, que utiliza o aplicativo oficialmente, tirou proveito disso, por exemplo, para planejar seus ataques.

Esta possibilidade de ter "conversas secretas" e evitar que as mensagens trocadas sejam interceptadas por hackers ou agências governamentais por meio do app é algo que o torna atraente para grupos como o "EI". Porém, a empresa responsável pelo aplicativo já afirmou que apagará todo material ilegal que apareça nele, inclusive mensagens relacionadas a jihadistas.

O Telegram confia tanto em seus recursos de segurança que já ofereceu recompensas de até US$ 300 mil (R$ 1,17 bilhão) para a primeira pessoa que conseguir vencer as barreiras de sua criptografia.

O Telegram é gratuito e está disponível para Android, iOS, Windows Phone, na web, via navegador e também para desktop, PC, Linux e Mac.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIÃO
TRF3 mantém indenização à família de vítima de acidente de Alcântara
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
BRASIL
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
TV UFAL passa a integrar a Rede Nacional de Comunicação Pública
BRASIL
TV UFAL passa a integrar a Rede Nacional de Comunicação Pública
Exposição gratuita retrata condições degradantes do trabalho escravo em MS
CAPITAL
Exposição gratuita retrata condições degradantes do trabalho escravo em MS
Especial Caiu no Enem realiza correção das provas neste domingo
BRASIL
Especial Caiu no Enem realiza correção das provas neste domingo
MS
Empresário é multado em R$ 10 mil por retomar obra embargada
BRASIL
MPT alerta para risco de fragilização e precarização do instituto da aprendizagem profissional
COVID-19
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
PANDEMIA
Covid-19 mantém 258 sul-mato-grossenses em leitos de UTI
PANDEMIA
Estado aguarda atualização de 4,7 mil possíveis casos de Covid-19 nos municípios

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial