Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Tebet pede ao MEC que não feche curso de medicina da UFMS

11 março 2004 - 12h19

O senador Ramez Tebet (PMDB-MS) fez ontem, um apelo ao Ministério da Educação para que não feche o curso de medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, localizada no município de Dourados. Segundo ele, o curso vem funcionando há cinco anos com professores voluntários e, agora, o Ministério quer fechá-lo sob o argumento de que a universidade não atendeu às exigências para funcionamento. "Será que o MEC não sabe que o curso está funcionando há cinco anos? Por que não liberam os recursos para a construção do hospital universitário e da biblioteca?", questionou. Tebet disse ainda que os jovens estudantes estão ameaçados de não conseguirem o diploma após cursarem medicina por cinco anos. "Estou inconformado com a negligência do poder público. O Ministério deveria abrir imediatamente concurso para a contratação de professores. O senador Mão Santa [PMDB-PI] lembrou que um hospital no Piauí também está parado por falta de recursos", disse Tebet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Encerra nesta quinta-feira 1ª etapa de pré-matrículas da Reme
DOURADOS
Encerra nesta quinta-feira 1ª etapa de pré-matrículas da Reme
Conselho do PPI recomenda concessão de florestas no Amazonas
BRASIL
Conselho do PPI recomenda concessão de florestas no Amazonas
Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
AGRONEGÓCIO
Pesquisa da Conab indica queda na produção nacional de café em 2021
PCdoB solicita continuidade do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda
STF
PCdoB solicita continuidade do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda
BRASIL
Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
ECONOMIA
Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
STJ
Sessão que formará lista tríplice para o novo ministro será convocada e fevereiro
TJMS
4ª Câmara Cível não reconhece união estável post mortem
DOURADOS
Prefeitura republica decreto por incorreção e autoriza funcionamento de bares
PANDEMIA
Dourados registra mais quatro óbitos por coronavírus e soma 154 novos casos

Mais Lidas

DOURADOS
Promotor vê preconceito em comentários contra vacina para índios e denuncia à PF
DOURADOS
Mulher é presa acusada de dar cobertura para assaltantes que rendiam família
VILA ÍNDIO
Enfermeiro de 50 anos é primeiro vacinado contra Covid-19 em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa após assaltar entregador em frente conveniência no Jardim Flórida