Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

TCE/MS distribui cartilha para servidores sobre a gripe A

18 agosto 2009 - 17h53

O Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul também está alerta para os casos da Gripe A. O vírus A (H1N1) é o novo subtipo do vírus influenza. Entre as ações está a distribuição de cartilhas aos servidores e informações através do site www. tce.ms.gov.br. Foram impressos 1000 folhetos, distribuídos aos servidores pelo setor médico do Tribunal.

De acordo com a médica do TCE/MS, Miriam Arakaki a principal característica do vírus é a alta transmissibilidade. Medidas para a prevenção estão sendo tomadas com os servidores e funcionários da corte. A análise epidemiológica realizada até o momento indica que a faixa etária mais acometida pelo vírus é a de 20 a 49 anos.

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul confirmou nesta terça-feira (18.08.09) a primeira morte em consequência da gripe A (H1N1), no Estado. Com isso, o número de mortes relacionadas à doença no Brasil sobe para, ao menos, 380, segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde aconselha dar prioridade aos grupos com maior risco para desenvolver a doença, que são gestantes, pessoas com idade menor que dois e maior de 60 anos, pessoas com doenças que debilitam o sistema imunológico e com doenças crônicas preexistentes.

Veja como o vírus se manifesta:




*Ele é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.



*Causa uma doença respiratória aguda, que clinicamente inicia-se com febre alta, em geral acima de 38oC, seguida de dor muscular, dor de garganta, fraqueza, dor de cabeça e tosse seca.



*O sintoma mais importante é a febre e dura aproximadamente três dias. Com a evolução da doença os sintomas respiratórios passam a ser mais evidentes e geralmente permanecem em torno de quatro dias após o desaparecimento da febre.



*Os cuidados gerais e a prevenção são os mesmo da gripe comum, podendo ser feito o isolamento em casa, reservando os casos de internação para os pacientes com sintomas graves.



*Os pacientes idosos, crianças, grávidas, asmáticas e diabéticos são mais propensos a evoluírem com complicações da nova gripe. Por isso deverão receber prioridade na vacinação quando esta estiver disponível.



*A tendência é que o problema se agrave no inverno; logo a atenção deve ser redobrada quanto as recomendações de ventilar os ambientes, lavar bem as mãos, ter boa alimentação e procurar atendimento médico nos casos suspeitos, além de colaborar no diagnostico precoce, reduz a transmissão da doença.




Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Aberto período de inscrições para contratação de técnicos de suporte da Rede Estadual
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio
Justiça acata denúncia do MPE contra Guilherme Boulos por invasão de triplex em Guarujá
BRASIL
Justiça acata denúncia do MPE contra Guilherme Boulos por invasão de triplex em Guarujá
COVID
Oficializada prorrogação de calamidade pública em mais três municípios de MS
Um ano após primeiro teste positivo no país, MS registra mais de 180 mil casos de Covid
PANDEMIA
Um ano após primeiro teste positivo no país, MS registra mais de 180 mil casos de Covid
BRASIL
Defesa Civil libera R$ 8,16 milhões para vítimas das cheias no Acre
DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
CAMPO GRANDE
Condenado por estupro de vulnerável é preso pela polícia
BRASIL
Banco Central tem lucro recorde de R$ 469,6 bilhões em 2020
PMA
Fazendeiro é autuado em R$12,5 mil em Batayporã

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo