Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

TCC se transforma em Centro de Convenção, no Paraguai

19 fevereiro 2010 - 11h11

A cidade de Pedro Juan Caballero vai ganhar um dos mais modernos centros de convenções do interior do Paraguai. Projeto elaborado pela Arquiteta Patrizia Marques Cogorno, quando concluía a faculdade de Arquitetura e Urbanismo na Unigran, em 2006, sairá do papel para depois de quatro anos se transformar em realidade. Apresentado ao governador do Departamento de Amambay, Ancho Ramirez, e ao secretário de obras, Viviano Acosta, o Centro de Convenção irá oferecer a população paraguaia instalações adequadas para a promoção de congressos e eventos sociais.

Orçado em dois milhões de dólares, o formato do Centro de Convenção, conforme explica a arquiteta, será em formato de letra “A”, em homenagem a letra inicial do Departamento de Amambay, que congrega três cidades, ao qual Pedro Juan é a capital. A estrutura terá um anfiteatro principal com
capacidade para aproximadamente 550 pessoas sentadas, duas salas de reuniões (120 lugares cada), restaurante para 116 pessoas sentadas, um cinema com 136 assentos e uma lan house com estrutura para 16 computadores.

O projeto é tido pelo governador Ancho como um dos mais importantes da cidade de Pedro Juan, por apresentar em toda a sua logística moderna infraestrutura e por oferecer conforto para abrigar num só lugar diferentes espaços culturais. Patrizia, que atua profissionalmente há pouco mais de
três anos, conta que a ideia de projetar o Centro de Convenção começou em 2006, período que ela se preparava para criar um projeto virtual de Conclusão de Curso.

“Primeiramente fiz uma pesquisa de campo na cidade de Pedro Juan e constatei através das universidades, de pessoas da área de turismo e com diferentes instituições públicas e privadas, a necessidade de se implantar um ambiente de evento na capital do Departamento”, relata a arquiteta. Ela diz que somente em Pedro Juan são pelo menos seis universidades que carecem de
espaço para a realização de congressos, além das três cidades de Amambay, que não oferecem ambiente de espaço cultural.

Em 2006 Patrizia não teve contato com o governador daquela época e projetou o Centro de Convenção como uma proposta para suprir a escassez de um ambiente que Pedro Juan ainda não tinha. O trabalho arquitetônico foi apresentado apenas na banca de Conclusão de Curso da faculdade de Arquitetura da Unigran, sendo aprovado com louvor. Somente em 2008, quando
Ancho assumiu o governo de Amambay, é que a arquiteta Patrizia, já formada, apresentou o projeto a uma liderança política paraguaia.

“Eu não imaginava que um dia o projeto acadêmico se transformaria em realidade. Me sinto muito feliz com isso, pois estou vendo um trabalho que criei durante a faculdade ser construído, algo que é muito difícil dentro do meio acadêmico”, observa a arquiteta. “É o reconhecimento do meu trabalho”,
conclui, relatando que a sua formação profissional foi uma das melhores, contribuindo para o seu sucesso.

Após concluir a faculdade na Unigran Patrizia voltou para a sua cidade – Ponta Porã – onde seu pai, o engenheiro civil Geraldo Cogorno, possui escritório de engenharia. Atualmente eles trabalham juntos, embora Patrizia também atue na Secretaria Municipal de Infraesturura daquela cidade. No
decorrer da sua vida profissional, a arquiteta já criou salão de eventos para a cidade de Pedro Juan, além de vários conjuntos residenciais, em parceria com o seu pai.

CONSTRUÇÃO

O projeto do Centro de Convenção já foi aprovado em audiência pública, correspondendo a todas as expectativas da população de Amambay, bem como das lideranças políticas. A construção será financiada pela Usina de Itaipu, sendo de responsabilidade do governo contratar uma construtora para iniciar as obras.


Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Após pedido de vistas, votação sobre obrigatoriedade do uso de máscaras volta a pauta hoje
COTAÇÃO
Dólar tem forte queda e fecha a R$ 5,45
ABACAXI ATÔMICO
Apreensão de maconha em carga de frutas terminou com cinco presos
CONSUMO
Dia dos Namorados deve movimentar quase R$ 11 milhões em Dourados
BRASIL
Bolsonaro sanciona parcialmente lei que cria a Nova Embratur
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h
MATO GROSSO DO SUL
Jogos da Melhor Idade, Paralimpíadas Escolares e coletivas dos Jogos Escolares são canceladas
LUTO
Ex-técnico da seleção feminina, Vadão morre vítima de câncer
CONTRABANDO
Carga com 35 Xiaomi's é apreendida na região Norte de MS
PANDEMIA
Incidência de casos de coronavírus em Dourados é quase o triplo da Capital

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista