Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Taxa de suicídio dos Kaiowá é maior entre índios no planeta

15 janeiro 2010 - 09h21

Relatório sobre as condições de vida dos povos indígenas divulgado ontem pela Organização das Nações Unidas (ONU) aponta os Kaiowá, de Mato Grosso do Sul, entre as comunidades nativas que nos últimos anos mais registraram suicídios em massa de jovens índios no planeta. O trabalho State of the World''s Indigenous Peoples (Situação dos Povos Indígenas do Mundo) relaciona a ocorrência de mortes à luta dos cerca de 30 mil integrantes da comunidade contra fazendeiros e diz que "centenas" de índios já se mataram em 20 anos. O trabalho cita dados do Ministério da Saúde de 2000 a 2005, segundo os quais a taxa de Kaiowás que se suicidaram foi 19 vezes mais alta do que a média nacional, afetando desproporcionalmente adolescentes e jovens adultos.

"Isso acontece porque o lugar onde eles (os Kaiowá) vivem se transformou em anexo de uma cidade em franco desenvolvimento", disse o ativista indígena Marcos Terena, membro da Cátedra Indígena Itinerante e articulador do Comitê Intertribal - Memória e Ciência Indígena. "Os Kaiowá vivem uma situação que se tornou banal, todo dia tem índio ''matado'' ou que se suicidou."

O ativista participou no Rio do lançamento mundial simultâneo do texto de 238 páginas, preparado por peritos do Fórum Permanente sobre Assuntos Indígenas da ONU e que revela ainda outros casos de altas taxas de suicídio indígena. Nos EUA, na faixa de 5 a 14 anos entre nativos americanos e do Alasca, ela é 2,6 vezes maior que a nacional, passando a 3,3 entre quem tem de 15 a 24 anos. No Canadá, as taxas de indígenas Inuit que se matam são 11 vezes maiores que a média total.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Homem procura delegacia depois que filho desaparece ao dar ‘saidinha’
LEGISLATIVO
Deputados analisam cinco proposta nesta quarta
TENTATIVA DE ASSALTO
Após gritos, comerciante consegue assustar assaltante que foge sem levar nada de distribuidora
PERSEGUIÇÃO
Alegando ser membro do PCC, jovem é preso com quase 400 kg de maconha na MS-156
105 MESES
Ampliado prazo de renegociação de empréstimos consignados
PANDEMIA
MPE cobra estudo técnico sobre alternativas para conter avanço da Covid-19 em Dourados
DEPUTADO, EMPRESÁRIO E BLOGUEIRO ALVOS
PF cumpre mandados judiciais em investigação sobre fake news
FRIO
Embrapa apurou condições favoráveis a ocorrência de geada na região
DOURADOS
Prefeitura vai pagar mais de R$ 1 milhão sem licitação a Hospital para usar leitos
COMER BEM
Dona Neide Marmitaria: agora com mais opções para seus clientes

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher