Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Tarifas telefônicas mantêm reajuste pelo IPCA

03 dezembro 2003 - 11h06

O desembargador Antônio Ezequiel, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, rejeitou recurso apresentado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que pedia a suspensão da liminar da Justiça do Distrito Federal que define o uso do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) como indexador do reajuste das tarifas de telefonia. Além da Anatel, as operadoras de telefonia apresentaram recursos (sete agravos de instrumento) contra a liminar. Todos eles foram negados pelo desembargador e serão analisados pela 7ª Turma do TRF. As empresas também apresentaram em conjunto uma suspensão de segurança da liminar, que foi negada pela vice-presidência do Tribunal. A suspensão de segurança será apreciada pela Corte Especial do TRF. Os contratos de concessão das operadoras, autorizados pela Anatel, estabelecem o reajuste das tarifas telefônicas pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO DE DROGAS
Após perseguição, polícia apreende 300 quilos de maconha
INTERNACIONAL
Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute
CULTURA
Mostra traz 98 filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais
CORONAVÍRUS
Itália tem 463 novos casos de Covid-19 e duas mortes em 24 horas
OPINIÃO
Autossuficiência que almejamos
PANDEMIA
Brasil registra 3 milhões de casos de coronavírus e 101 mil mortes
BRASILEIRÃO
Flamengo é derrotado pelo Atlético-MG com gol contra de Filipe Luís
FUTEBOL
STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada
INTERNACIONAL
Doadores prometem ajuda humanitária “importante” ao Líbano
PANTANAL
Após três dias de combate, bombeiros controlam fogo que destruiu 2 mil hectares

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados