Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Suspeito de atentado ao MPE estaria viajando no dia do crime

07 janeiro 2004 - 13h09

O advogado de Hudson Max Cardoso Filho, Walmir Debortoli, afirmou que seu cliente, apontado como suspeito de ter ateado fogo nos cinco veículos do MPE (Ministério Público Estadual) na madrugada de domingo, estava em Furnas do Dionízio, localizado no município de Jaraguari e teria voltado na madrugado do crime.Debortoli garantiu estar confiante na inocência de Hudson Filho e disse que ele teria fugido da PM (Polícia Militar) na segunda-feira, porque os policiais não estavam fardados, portanto, Hudson Filho teria se assustado com a abordagem feita por policiais da PM-2 (Serviço Reservado da PM).Hudson se apresentou ontem à Polícia Civil para a prestar esclarecimentos sobre o caso e acabou preso não por envolvimento com o incêndio e sim em virtude de um mandado de prisão expedido em Corumbá.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
ECONOMIA
Senadora Soraya Thronicke reforça retomada do setor de eventos de MS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
ESCALADA DA PANDEMIA
Brasil registra mais 1.824 mortes por Covid-19 e chega a 353,3 mil
CORUMBÁ
Mulher pede para marido prender cachorros e é agredida com coleira
Médicos e policiais fazem mobilização sobre novas regras de trânsito
SIDROLÂNDIA
Após bebedeira, homem bate em filho e é esfaqueado pela esposa
BRASIL
Exército confirma 1ª morte de um militar da ativa vítima da Covid-19
FUTEBOL
Dourados volta a vencer Águia Negra e fecha fase na liderança
CORONAVÍRUS
Ator Paulo Gustavo segue internado e boletim diz que situação é crítica

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos