Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
(67) 9860-3221

STJ confirma condenação do ex-prefeito Paulo Maluf

27 janeiro 2004 - 10h46

O Superior Tribunal de Justiça de São Paulo (STJ) confirmou, ontem, a condenação do ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf (PP). Maluf foi condenado em ação popular por contratar sem licitação uma rede de televisão privada para transmitir a 1ª Maratona de São Paulo, em 1995. Maluf já havia sido condenado, em 2003, pelo Tribunal de Justiça. Os advogados do ex-prefeito, no entanto, prometem recorrer da decisão. Caso o recurso não tenha êxito, o ex-prefeito deverá devolver aos cofres do município R$1,2 milhão, corrigidos.Na época, a oposição acusou Maluf de organizar a Maratona com fins eleitoreiros, já que a prova passava por várias obras viárias recém-inauguradas pelo ex-prefeito. Além da ação popular, Maluf é processado pelo Ministério Público (MP), que o acusa de improbidade administrativa ao fazer o contrato sem licitação. O MP pede a cassação dos direitos políticos do ex-prefeito.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

IVINHEMA
Polícia frustra traficantes que levariam maconha para São Paulo
ECONOMIA
INSS define regras para antecipar pagamento de auxílio-doença
RIBAS DO RIO PARDO
Fusca apresenta defeito e motorista é flagrado com maconha na BR-262
EDUCAÇÃO
Enem: 670 mil estudantes já solicitam isenção da taxa de inscrição
AQUIDAUANA
Apreendida moto usada em fuga por homem que matou ex com tiro na cabeça
DOURADOS
Varas do Trabalho liberam R$ 50 mil para combate ao coronavírus
TRÊS LAGOAS
Preso integrante do PCC que sequestrou vítima para julgá-la em tribunal do crime
ASTRONOMIA
'Superlua rosa' poderá ser vista na noite desta terça no Brasil
PECULATO
Justiça condena réus por tráfico e investigador perde o cargo na polícia
GERAL
Governo federal lança programa de arrecadação de doações

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida