Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

STF retoma julgamento da cobrança previdenciária de inativos

18 agosto 2004 - 13h40

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou na tarde desta quarta-feira o julgamento sobre a constitucionalidade da cobrança previdenciária dos servidores inativos, ponto central da reforma aprovada no final do ano passado pelo Congresso. O julgamento foi suspenso em 26 de maio depois do pedido de vistas do ministro Cezar Peluso, que será o primeiro a votar nesta tarde. Antes da interrupção em maio, três ministros já haviam dado seu parecer. A relatora Ellen Gracie e Carlos Britto votaram contra a cobrança e Joaquim Barbosa, a favor. O Supremo é composto por 11 juízes. O presidente, Nelson Jobim, votará apenas no caso de necessidade de desempate.    

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senado vai analisar projeto com novas regras para o licenciamento ambiental
POLÍTICA
Senado vai analisar projeto com novas regras para o licenciamento ambiental
Bandidos invadem fazendas no interior do Estado
REGIÃO
Bandidos invadem fazendas no interior do Estado
INTERNACIONAL
Israel destrói prédio em Gaza que abrigava escritórios de imprensa
Em MS, homem é autuado em R$ 65 mil por degradar área de córrego
ANAURILÂNDIA
Em MS, homem é autuado em R$ 65 mil por degradar área de córrego
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
REGIÃO
Foragido por aplicar golpe de R$ 30 mil em SP é detido no MS
ECONOMIA
Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10
BRASIL
Governo proíbe entrada de estrangeiros em voos provenientes da Índia
COPA DO BRASIL
Juventude AG enfrenta Umuarama Futsal com obrigação de vitória
PANDEMIA
MS tem quase 1,4 mil novos casos de coronavírus e outras 31 mortes pela doença

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor