Menu
Busca domingo, 01 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Spammer paga fiança para se livrar da prisão

10 novembro 2004 - 15h04

O spammer norte-americano Jeremy Jaynes, 30, não irá para a cadeia caso pague fiança de US$ 1 milhão. Na semana passada, ele foi condenado a nove anos de prisão por enganar internautas com a venda de produtos inexistentes.Os promotores públicos discordaram da decisão, pois acham que Jaynes é muito perigoso para ficar solto. Considerado um dos dez spammers mais ativos do mundo, ele ganhou cerca de US$ 24 milhões com os golpes. A maior parte desse dinheiro está espalhada em bancos fora dos Estados Unidos. O juiz Thomas Horne definiu o valor da fiança ontem e impôs a condição de que Jaynes se submeta à monitoração do que faz na internet. Horne alegou que a lei da Virgínia, sob qual o spammer foi julgado, é parecida com um "romance" e já foi considerada inconstitucional em outros Estados.Jessica DeGroot, 28, irmã e suposta cúmplice do acusado, pagou multa de US$ 7.500 por ter cometido crimes virtuais. Richard Rutkowski, 30, outro réu do mesmo caso, foi absolvido. Os três spammers vivem em Raleigh, na Carolina do Norte. Os irmãos espalharam pela rede mensagens com soluções milagrosas, como supostos empregos que pagavam US$ 75 por hora. Também vendiam produtos como "processadores da FedEx", que renderam US$ 399,5 mil em um único mês.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRIVACIDADE
Descumprir Lei de Proteção de Dados pode gerar punições a partir deste domingo (1)
Internações por Covid-19 seguem estáveis em Dourados
PANDEMIA
Internações por Covid-19 seguem estáveis em Dourados
Projeto fixa regras para perfis em redes sociais de pessoas falecidas
CIÊNCIA, TECNOLOGIA E COMUNICAÇÕES
Projeto fixa regras para perfis em redes sociais de pessoas falecidas
EDUCAÇÃO
Cursos gratuitos capacitarão mulheres em situação de vulnerabilidade
Fóssil de dinossauro é encontrado no interior de SP
GERAL
Fóssil de dinossauro é encontrado no interior de SP
POLÍCIA
Mais um é autuado em três dias por maus tratos ao deixar gado sem alimento
GERAL
Manifestações pelo voto auditável reúnem pessoas e várias capitais
ESPORTE
Em jogo frio, Caxias e Joinville não saem do zero pela Série D
INVESTIGAÇÃO
Exame de corpo de delito no marido de Joice Hasselmann não aponta lesões
POLÍCIA
Polícia Civil cumpre mandado de prisão por pensão alimentícia

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PANDEMIA
Dourados vai liberar acesso a estabelecimentos apenas para pessoas vacinadas
PANDEMIA
Homem e mulher são mais recentes vítimas da Covid-19 em Dourados