Menu
Busca quinta, 02 de dezembro de 2021
Dourados
33°max
20°min
Campo Grande
30°max
22°min
Três Lagoas
35°max
22°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Soja deve ser um dos melhores investimentos de 2004

05 janeiro 2004 - 15h48

O melhor investimento de 2003 foi a bolsa, sobre isso não há a menor dúvida. Com alta acumulada de 97%, a variação do Ibovespa, o índice das ações mais negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), ocupa o primeiro posto no ranking dos melhores investimentos do ano. O segundo posto, contudo, não foi ocupado por nenhum ativo do prestígio do ouro ou do dólar. A soja foi a segunda melhor aplicação de 2003, com valorização de 39%. Enquanto algumas aplicações deram prejuízo como a moeda norte-americana (-18,2%), os fundos cambiais (-12,3%) e o ouro (-0,8%), outras tiveram rentabilidade inferior à da oleaginosa, como a poupança, que rendeu 11,1%, e o Índice Dow Jones, que agrupa ações das empresas mais negociadas na bolsa de Nova York e subiu 25% no ano passado.Com o ganho acumulado de 39%, a soja teve ganho real sobre a inflação de 8,7% medida pelo IGP-M. "Valeu mais a pena ter soja no armazém que dinheiro no banco", diz Renato Sayeg, diretor da Tetras Corretora."Pelo terceiro ano consecutivo, a soja teve um aumento real", diz Sayeg. "Nunca se ganhou tanto, criando um estímulo ao plantio da safra 2003/04", diz Odnéia Santos, da consultoria Safras & Mercados.E, pelo que tudo indica, 2004 promete ser um ano, se não tão bom como o anterior, pelo menos igualmente remunerador. Afinal, a demanda continua firme, sobretudo por parte da China, e, após a descoberta do primeiro caso da doença da "vaca louca" nos Estados Unidos, a tendência é de que aumente a demanda por proteína vegetal, utilizada em substituição à animal na ração de bovinos, aves e suínos. "A demanda mundial por farelo e milho certamente aumentará, beneficiando o Brasil", afirma Odnéia Santos.De acordo com uma projeção do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda), feita antes da descoberta do mal da "vaca louca" nos EUA, o preço médio da soja na bolsa de Chicago - referencial para o Brasil - deve ser, em média, 18% maior na comparação com 2003, ficando entre 605 e 695 centavos de dólar o bushel (US$ 13,33 a US$ 15,32 a saca). "O Usda certamente revisará os preços para cima no próximo relatório de oferta e demanda", diz um trader.O mesmo deve acontecer com o farelo e o óleo de soja. De acordo com o Usda, o farelo deverá ser negociado a um preço médio 10% maior, entre US$ 185 e US$ 215 a tonelada curta (US$ 203,92 a US4 237 a tonelada métrica). Para o óleo em 2003/04, a agência norte-americana prevê que o preço ficará entre 23,5 centavos e 26,5 centavos de dólar a libra-peso (US$ 518,08 a US$ 584,21 a tonelada), patamar 13,6% maior que o registrado no período anterior. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Operação conjunta apreende quase meia tonelada de maconha na BR-267
NOVA ALVORADA DO SUL
Operação conjunta apreende quase meia tonelada de maconha na BR-267
BUSCAS POR BIMOTOR
Marinha localiza objeto de tripulante do avião desaparecido em Ubatuba
CAPITAL
Após bebedeira, homem é encontrado morto no quintal de residência
BRASIL
Promulgação da PEC dos Precatórios deverá ser fatiada, diz Arthur Lira
MARACAJU
Motociclista quase tem pé decepado após colisão contra veículo
SELEÇÃO
Publicada convocação de candidato em processo seletivo da Sedhast
Casal é denunciado suspeito de maltratar e manter filha em cárcere privado
UEMS
Inscrições para submissão em seleção de bolsa de extensão são prorrogadas 
JARDIM
Traficante foge e abandona veículo abarrotado de maconha na BR-060
JUDICIÁRIO
Nomeação de André Mendonça para o STF é publicada no Diário Oficial

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Caminhoneiro que morreu em acidente na Serra de Maracaju era douradense
PONTA PORÃ
Morre agente de saúde alvo de atentado a tiros na fronteira
DARK CARD
Operação que apura desvios de recursos públicos feitos por servidores mira oficina em Dourados
DOURADOS
Homem persegue trio que invadiu o comércio dele e consegue recuperar celulares