Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Site diz que rebeldes mataram outro refém americano no Iraque

21 setembro 2004 - 18h22

Um site islâmico anunciou a morte de Jack Hensley, outro refém americano capturado no Iraque. O britânico Kenneth Bigley e os americanos Eugene Armstrong [degolado ontem] e Hensley foram seqüestrados na semana passada. De acordo com a rede de TV CNN, o anúncio foi feito por rebeldes ligados ao terrorista jordaniano Abu Musab al Zarqawi, acusado de ter laços com a rede terrorista Al Qaeda, de Osama bin Laden. A informação ainda não foi confirmada nem pelos Estados Unidos nem por autoridades iraquianas. Pouco antes do anúncio, Patty Hensley, mulher de Jack Hensley implorou pela vida de seu marido. "Eles só queriam enriquecer a vida das pessoas que pretendiam ajudar", afirmou à CNN. "Terminar com suas vidas não servirá de nenhum propósito real", acrescentou. "Eles não faziam parte de nenhum tipo de operação militar ou de segurança. Sinceramente desfrutavam de seu trabalho com o povo iraquiano e dos progressos diários que realizavam, e as pessoas [no Iraque] estavam felizes em tê-los [no país]". Apelo britânico A família do refém britânico Bigley pediu nesta terça-feira ao primeiro-ministro inglês, Tony Blair, para atender as exigências dos seqüestradores. Após os pedidos feitos pela família de Bigley, um porta-voz de Blair declarou que o caso estava sendo acompanhado de maneira cuidadosa e que o governo britânico está fazendo tudo o que pode para o melhor desfecho possível do seqüestro. O apelo desesperado dos familiares feito a Blair é uma tentativa de evitar o assassinato do refém britânico. Ontem o corpo do norte-americano Armstrong foi encontrado degolado em Bagdá [capital do Iraque]. Os Estados Unidos confirmaram a morte de Armstrong. Após a exibição do vídeo da decapitação, o grupo de seqüestradores deu 24 horas para matar os outros dois reféns. Até o momento, nenhum outro comunicado havia sido feito pelos rebeldes e ninguém sabia o que poderia acontecer, já que expirara o prazo. O grupo exige a libertação de todas as muçulmanas iraquianas detidas nas prisões de Abu Ghraib, nas cercanias de Bagdá, e de Umm Qasr, no sul do país. "Negócio" Até o momento, 130 estrangeiros foram seqüestrados no Iraque neste ano. Mas os seqüestros ressurgiram com mais freqüência nas últimas semanas. Oficiais americanos dizem que o seqüestro transformou-se num tipo de "comércio", em que grupos tomam pessoas como reféns e posteriormente os "vendem" a outros grupos. A maioria dos reféns capturados já foi libertada, embora o número de reféns mortos já passe de 24, desde julho. Os seqüestros e as decapitações fizeram com que um país, as Filipinas, retirasse suas tropas do Iraque e algumas empresas também encerrassem suas atividades no país. Vídeo A decapitação de Armstrong foi mostrada em um vídeo na internet pelo grupo radical islâmico Tawhid e Jihad, liderado pelo terrorista jordaniano Abu Mussab al Zarqawi [acusado de manter laços com a rede terrorista Al Qaeda, de Osama bin Laden]. Uma bandeira do grupo de Al Zarqawi estava atrás deles. Na gravação, o assassino de Armstrong lê um longo comunicado no qual o grupo ameaça matar nas próximas 24 horas outro refém caso as exigências do grupo não forem cumpridas. Al Zarqawi, considerado pelos Estados Unidos como o inimigo público número um do Iraque, lançou no sábado passado (18) um ultimato no qual ameaçava matar os três reféns se as prisioneiras iraquianas não fossem libertadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANAÍBA
Jovem mata ex-namorado da mãe a facadas após presenciar agressão
SENADO
CPI vai questionar negociações do Itamaraty para garantir cloroquina
ANHANDUÍ
Pedestre morre após ser atropelado por caminhão baú na BR-163
IMUNIZANTES
Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta-feira
Homem que abusou da mulher é denunciado por estuprar a filha
FUTEBOL
Costa Rica vence Aquidaunense e retoma a liderança do Estadual
CRIME AMBIENTAL
Animais são abandonados, morrem e mulher é multada em R$ 4 mil
JUSTIÇA
Juiz determina que Carla Zambelli tire vídeo da canção 'Milla' do ar
CAPITAL
Homem morre após cair de três metros ao conferir estoque de loja
TJ/MS
Concurso Extrajudicial terá audiência pública no dia 27 de maio

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
INDÁPOLIS
Homem assassinado em distrito sofreu vários golpes de facão e teve mão decepada
DOURADOS
Juiz manda Câmara exonerar nomeados e realizar novo concurso público