Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Sidlei Alves diz que Walter Brandão era liderança nata

08 fevereiro 2010 - 10h56

O presidente da Câmara Municipal de Dourados, Sidlei Alves (DEM) solidariza-se com familiares e amigos do ex-presidente da Câmara, Walter Brandão da Silva, que faleceu nessa madrugada. Brandão também foi vereador por três mandatos.
 
Desportista, Walter Brandão atuou como treinador de futebol, tendo conquistado vários títulos tanto pelo Ubiratan E.C como pelo Operário E.C.
Para Sidlei Alves, Dourados perde uma liderança nata e visionária com uma trajetória política de grandes conquistas “Ele realizou um trabalho ímpar no poder legislativo, contribuindo para o desenvolvimento do nosso município. Com certeza, sempre teremos sua imagem associada uma pessoa que lutou pelos ideais de Dourados”, destaca o presidente da Câmara.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Flamengo e Jesus aparam arestas e acertam renovação até junho de 2021
COSTA RICA
Em reconstituição, ex assume morte de casal, mas alega legítima defesa
QUARENTENA
Moro não poderá advogar por 6 meses e receberá salário de ministro
ECONOMIA
Prazo de pagamento da inscrição no Enem é prorrogado para o dia 10
RIO PIQUIRI
Corpo de adolescente que saiu para pescar sozinho é encontrado em rio
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.262 mortes por Covid-19 em 24 horas e chega a 31.199
IVINHEMA
Mulher é suspeita de forçar filha de 6 anos a participar de sessões de estupro
JUSTIÇA
Empresa de telefonia é condenada em R$ 10 mil por cancelamento de linha
DOURADOS
Na cidade com mais casos de Covid-19, quatro pessoas estão internadas em leitos públicos
CORONAVIDAS HUB/DOURADOS
Grupo entrega protetores faciais para atender profissionais da saúde e de áreas de risco

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados