Menu
Busca quinta, 17 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Servidores pressionam Câmara a não aprovar 4,5% de reajuste

23 maio 2006 - 10h44

Os servidores públicos municipais de Dourados, que decidiram acampar ontem em frente ao prédio do CAM (Centro Administrativo Municipal), prometem pressionar os vereadores durante a sessão ordinária desta noite. Eles temem que o projeto enviado pelo prefeito Laerte Tetila (PT), concedendo 4,5% de reajuste, seja incluído na pauta de hoje. Há pouco, uma comissão de servidores, comandada pelo presidente do Sinsemd, José dos Santos Silva, o Zezinho, esteve na Câmara, conversando com a presidente da casa, vereadora Margarida Gaigher (PT), quando ouviram dela o compromisso de que a matéria só será levada a plenário depois que houver um acordo entre o Município e o funcionalismo. Os filiados do Sinsemd querem 26,9% de reajuste, mais a garantia de implantação de benefícios prometidos na negociação salarial do ano passado. Neste momento, uma equipe de grevistas prepara o almoço na cozinha imprivisada no pátio de entrada do CAM.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMUNIZAÇÃO
Mais 936 mil doses da vacina da Pfizer chegam ao Brasil
Copom eleva taxa básica de juros para 4,25% ao ano
ECONOMIA
Copom eleva taxa básica de juros para 4,25% ao ano
ECONOMIA
Ibovespa fecha em queda após EUA anunciarem alta de juros
CARTÃO SESC
Sesc MS assina parceria com Governo e servidores terão descontos em serviços
Covid-19: país tem 2,9 mil mortes e 95,3 mil casos em 24 horas
BRASIL
Covid-19: país tem 2,9 mil mortes e 95,3 mil casos em 24 horas
NA CAPITAL
Detran-MS vai liberar veículos em pátios por requerimento virtual
BRASIL
Ação do DF e de Goiás mobiliza 200 agentes na busca de foragido
DOURADOS
Alan Guedes recebe doações para organizar retomada das aulas presenciais
POLÍTICA
Relator da reforma administrativa apresenta roteiro de trabalho
DEPUTADOS
CCJ da Câmara aprova intimação judicial por aplicativo de mensagens

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista baleado em golpe do "falso frete" é identificado
DOURADOS
Multinacional não paga R$ 351 milhões à vista e juiz intima Santa Helena para compra de usina
DOURADOS
Jovens que tentaram aplicar golpe do 'falso frete' e balearam motorista são apreendidos
PONTA PORÃ
Preso por tráfico, homem diz ser corretor e mostrava residência para casal