Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Sérgio falha e Jô dá a vitória ao Timão no clássico do Morumbi

29 agosto 2004 - 18h00

Durante a semana, os jogadores de Palmeiras e Corinthians procuraram minimizar a rivalidade que sempre envolveu o clássico. Bastou a bola rolar na tarde deste domingo, no entanto, para a história falar mais alto. Em um jogo brigado palmo a palmo desde o apito inicial, onde a técnica foi superada pela força, só um erro poderia definir o resultado. E aos 42 minutos do primeiro tempo, ele veio de forma grotesca. Em uma bola alçada na área palmeirense, o goleiro Sérgio tentou cortar, errou o soco e a bola sobrou para Jô, de cabeça, definir o resultado: 1 a 0 Corinthians. Essa não foi a primeira vez que Sérgio “entregou o ouro” em um clássico contra o rival. Em 2001, levou um gol olímpico de Renato e culpou o sol. Neste domingo, assumiu o erro: “Errei o soco. A bola veio rodando e foi para trás. Paciência”, desabafou. O resultado levou o Timão a 41 pontos na tabela e aproximou um pouco a equipe do grupo dos seis melhores do Brasileirão. O Palmeiras ficou com 47 e perdeu a chance de reassumir a liderança da competição. No meio de semana, o Palmeiras vai a Campinas encarar a Ponte Preta, enquanto o Corinthians recebe o Atlético-MG, no Pacaembu. O jogo: Os primeiros dez minutos da partida do Morumbi lembraram um jogo de xadrez, com as duas equipes se estudando e se respeitando e esperando uma falha do adversário para tentar um lance mais ousado. E foi assim que o Corinthians chegou pela primeira vez com Jô, aproveitando um vacilo de Gabriel e ganhando a jogada dentro da área verde. Na sobra, Gil tentou surpreender Sérgio, mas mandou à direita do goleiro. O jogo seguiu fraco e com poucos lances de emoção. Enquanto o Corinthians vivia das poucas estocadas de Jô e Gil, o Palmeiras apostava nos chutões para a frente e nos lampejos de Élson. Aos 21 minutos, o camisa dez arrancou do meio-campo e só não fez o gol porque foi travado por Betão na hora “H”. A melhor chance do Verdão, no entanto, aconteceu após uma falha de Bruno Octavio, que tropeçou no meio-campo e armou o contra-ataque palmeirense. Thiago Gentil partiu em velocidade e tocou para Baiano, que bateu forte, à esquerda de Fábio Costa. Forcinha: Como ninguém fazia por merecer a vitória, o goleiro Sérgio, do Palmeiras, resolveu dar emoção ao jogo. Aos 42 minutos, após um cruzamento de Fábio Baiano, Renato disputou de cabeça com a zaga do Palmeiras, a bola subiu e Sérgio, ao tentar cortar, errou o soco. Jô, oportunista, tocou de cabeça e tirou o zero do placar no Morumbi. Na saída para o intervalo, o artilheiro isolado do Timão no Brasileirão, com sete gols, tentou consolar o goleiro rival: “O Sérgio falhou e eu estava atento, mas isso acontece e não se pode crucificar o garoto”, declarou o atacante de 17 anos.O Palmeiras voltou com o mesmo time para o segundo tempo, mas com uma atitude diferente. Em menos de cinco minutos, Baiano, cobrando falta, e Magrão, pegando uma sobra dentro da área, assustaram o goleiro Fábio Costa. Momentos antes de Estevam arriscar e trocar Baiano por Pedrinho, o Corinthians chegou perto do segundo gol, com Fábio Baiano arriscando de fora da área e obrigando o goleiro Sérgio a se esticar todo para desviar. Na primeira chance que teve, Pedrinho quase empatou o jogo. Após cobrança de falta rápida, o meia arriscou de longe, a bola pingou na frente de Fábio Costa e quase enganou o camisa um do Timão. O lance acendeu o Palmeiras, que passou a pressionar em busca do empate, abrindo espaços para os contra-ataques do Corinthians. Aos 34 minutos, depois de Fábio Baiano levar meio time do Palmeiras e chutar em cima de Sérgio, os técnicos resolveram mudar. Estevam colocou Diego Souza no lugar de Lúcio e Tite sacou o cansado Fábio Baiano para a entrada de Rosinei. Pouco depois de entrar, aos 41 minutos, o meia participou do lance que poderia ter matado o jogo, ao tocar para Jô dentro da pequena área, e ver o atacante chutar em cima do zagueiro Nen. Na sobra, o próprio Rosinei teve a chance de definir, mas parou nas mãos de Sérgio, que fez excelente defesa. Os minutos finais mostraram o desespero do Palmeiras na busca pelo empate e a correria corintiana na tentativa do segundo gol. Aos gritos de "olé", o Corinthians ainda perdeu outra grande chance com Gil, nos acréscimos, mas o placar ficou mesmo no 1 a 0.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem invade apartamento e furta celular e tablet
DOURADOS
Jovem invade apartamento e furta celular e tablet
Novo decreto de emergência é publicado e modifica texto do ano passado
DOURADOS
Novo decreto de emergência é publicado e modifica texto do ano passado
Secretario acompanha obras e fala de investimento em infraestrutura para Dourados
MELHORIAS
Secretario acompanha obras e fala de investimento em infraestrutura para Dourados
BRASIL
Governo espera que IFA para o Butantan chegue até o fim de maio
Startup da Inova Unigran é vice-campeã do Techstars Startup Weekend Sustentabilidade
EDUCAÇÃO
Startup da Inova Unigran é vice-campeã do Techstars Startup Weekend Sustentabilidade
HABITAÇÃO
Escrituras do programa de regularização fundiária são entregues em Dourados
PANDEMIA
Equipamentos são entregues para desafogar fila de espera por UTI Covid em Dourados
DOURADINA
Homem é multado em R$ 15 mil por incêndio e desmatamento de área de Mata Atlântica
LEGISLATIVO
Emenda de Barbosinha aperfeiçoa funcionalidade do Cartório Virtual em MS
ROTA BIOCEÂNICA
Itaipu Binacional garante licitação da ponte internacional em julho

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS