segunda, 27 de maio de 2024
Dourados
13ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Senado continua hoje votação da Previdência

30 setembro 2003 - 07h02

A votação da proposta de reforma da Previdência continua hoje, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, a partir da uma hora da tarde. Serão votados os 200 destaques apresentados pelos senadores. O senador Tião Viana (PT-AC), relator da proposta de reforma da Previdência, admitiu que o texto pode ser alterado ainda na CCJ. O texto base foi aprovado na última quarta-feira. Tião Viana explicou que as negociações com os partidos de oposição podem levar a uma votação mais célere da proposta. "O PFL tem direito às críticas, mas está sensível ao diálogo. Podemos ter uma ou outra mudança até o momento da votação. Estamos tentando um grande acordo", disse Tião Viana. O relator confirmou ainda que há possibilidade de mudanças em relação a quatro pontos da reforma previdenciária: os valores dos subtetos salariais nos estados, a eliminação da cobrança de inativos em condições especiais (aposentadoria por invalidez), o controle social da Previdência e a instituição de regras de transição para os atuais servidores. Tião Viana previu que a reunião da CCJ poderá ter 15 "grandes votações". Os temas constantes das emendas dos senadores seriam agrupados, para facilitar a votação. Mas o líder do PFL, José Agripino (RN), acha difícil que se trabalhe desta forma. "É pouco provável que se avaliem 200 emendas em apenas um dia", afirmou Agripino. O líder do governo, Aloizio Mercadante (PT-SP), salientou que a opinião dos governadores estaduais sobre as possíveis mudanças no texto serão fundamentais para definir a postura dos parlamentares da base governista. Ele participa, na manhã de hoje, de reunião com governadores. "Faremos uma consulta aos governadores. Só sustentaremos em Plenário mudanças pactuadas com os governadores", afirmou Mercadante.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

Moraes nega recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

DIREITOS HUMANOS

Brasília recebe primeira Parada do Orgulho da Pessoa com Deficiência

CAMPO GRANDE

Homem é espancado e jogado em buraco durante roubo de carro

Polícia aprende quase 2t de maconha após perseguição
ITAQUIRAÍ

Polícia aprende quase 2t de maconha após perseguição

Caixa Econômica Federal abre edital com vagas para estagiários em MS
OPORTUNIDADE

Caixa Econômica Federal abre edital com vagas para estagiários em MS

TÊNIS DE MESA

Hugo Calderano conquista título do WTT Contender Rio

ALERTA

Com fim de semana de trégua, chuva deve voltar ao RS nesta segunda

ENCHENTES

MS Pela Vida: doações ao povo gaúcho aproximam sul-mato-grossenses de quem perdeu tudo

ESPORTE

Brasil enfrenta Cuba, Croácia e Tailândia na primeira fase da Copa do Mundo de Futsal

MS-164

DOF apreende Renault Sandero com 1.250 pacotes de cigarros contrabandeados

Mais Lidas

DOURADOS

Homem é preso por importunação sexual após acariciar mulheres

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Morador de Dourados atira contra esposa durante discussão

EVENTO

Costelão Jurídico da OAB Dourados será neste sábado no CTG

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG