Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Semy Ferraz sugere alterações na MP do setor elétrico

05 fevereiro 2004 - 14h08

O deputado se reúne hoje com o senador Delcídio, relator da MP do setor elétrico, para entregar um documento com sugestões referentes ao controle social das empresas e à pesquisa energética.Em nome do Fórum Permanente Contra o Reajuste das Tarifas Públicas, o deputado estadual Semy Ferraz (PT) viajou a Brasília, neste cinco de fevereiro, para se reunir com o senador Delcídio do Amaral (PT). O objetivo da reunião é entregar um documento com sugestões à Medida Provisória MP 144/03 que reforma o setor elétrico brasileiro, da qual Delcídio é o relator no Senado. Como ponto principal, o deputado sugere que o relatório do senador à MP privilegie o controle social sobre as empresas de energia elétrica, permitindo que o consumidor seja consultado sobre questões como qualidade de serviço e preço de tarifas.Outro ponto é a MP 145/03, que diz respeito à criação da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), uma espécie de Embrapa do setor elétrico, vinculada ao Ministério das Minas e Energia. Semy sugere que, em vez de ser criada uma nova empresa de pesquisa, que seja valorizado o Cepel (Centro de Pesquisas de Energia Elétrica), instituição ligada ao sistema Eletrobrás, existente desde 1974 e que possui mais de 100 pesquisadores. Este é um pleito da Federal Nacional dos Urbanitários do setor elétrico, com quem o deputado também se reúne hoje em Brasília.Para o deputado, o novo modelo do setor elétrico proposto pelo Ministério das Minas e Energia avança em muitos pontos, como no melhor tratamento às questões tarifárias e maior controle do Poder Público sobre o setor, mas ainda deixa a desejar em relação à participação popular nas decisões, por exemplo. “A possibilidade de o consumidor também ser ouvido nos momentos de reajustes e revisões tarifárias sempre foi uma reivindicação do Fórum Permanente, e agora que um modelo do setor elétrico está a caminho, não podemos deixar passar a oportunidade de cobrar isto”, destacou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia encontra cocaína em chaleiras que iriam para a Espanha
PARAGUAI
Polícia encontra cocaína em chaleiras que iriam para a Espanha
ESTADOS UNIDOS
Júri declara ex-policial Derek Chauvin culpado pela morte de George Floyd
Casal é preso enquanto aplicava golpe em seguradora da fronteira
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
POLÍTICA
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
DOURADOS
Motociclista morre no HV 18 dias após sofrer acidente no centro
UFGD
Prazo para inscrever projetos de Iniciação Científica termina na próxima semana
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados captura família de gambá no Jardim Água Boa
CÂMARA
Deputados aprovam urgência de projeto para privatizar os Correios
Transportando 26 cavalos ilegalmente, idoso é preso com dólares e reais
REGIÃO
Presidente da Assomasul destaca emenda que cria o ICMS Educacional 

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados