Menu
Busca sexta, 14 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Semana pela Cidadania e Solidariedade analisará metas do Milênio

08 agosto 2004 - 18h21

Há quatro anos, 191 países assinaram a Declaração do Milênio. O documento estabelece oito metas a serem atingidas até 2015. O objetivo é erradicar a pobreza, diminuir as desigualdades e garantir a sustentabilidade em todo o mundo. Para discutir o cumprimento dessas metas, analisar o que vem sendo feito e traçar outras de curto e médio prazo, o Brasil promove a partir de amanhã a primeira Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade. “Vamos lembrar à sociedade que essas metas existem e mostrar quais são”, anuncia um dos líderes do movimento e presidente do Instituto Ethos, Oded Grajew. O Brasil, acrescenta, "está tomando uma iniciativa inédita no mundo, é um exemplo para toda a humanidade.” O presidente Luiz Inácio Lula da Silva abrirá o encontro às 11h no Parlatino, em São Paulo, mas haverá eventos em todos os estados. Também comparecerão à solenidade de abertura o governador em exercício de São Paulo, Cláudio Lembo; o presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha (PT-SP); a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy; e o representante da Organização das Nações Unidas (ONU), Carlos Lopes. A semana é uma iniciativa da sociedade civil, com a intenção de promovê-la anualmente, sempre no dia 9 de agosto, data da morte do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. O objetivo é lançar uma campanha nacional de mobilização para sensibilizar e estimular os governos e a sociedade brasileira em torno dos temas cidadania e solidariedade. “Cada um deve saber o que é possível fazer para atingir as metas e pressionar governos, para que eles se comprometam e apresentem seus resultados”, afirma Oded Grajew. Com o slogan "Nós Podemos", começará a ser veiculada no dia 15 uma campanha publicitária em torno do tema "Oito Jeitos de Mudar o Mundo". E dentro da programação da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade, realiza-se o I Encontro de Conselhos de Políticas Públicas, que prevê a definição de uma estratégia comum de ação. As oito metas da Declaração do Milênio são: erradicação da fome e da miséria, educação básica de qualidade para todos, igualdade entre os sexos e valorização da mulher, redução da mortalidade infantil, melhoria da saúde das gestantes, combate ao hiv/aids, a malária e outras doenças, qualidade de vida e respeito ao meio ambiente e o mundo todo trabalhando pelo desenvolvimento. A semana é organizada por 25 instituições, organizações não-governamentais e empresas: Grupo Pão de Açúcar, Nestlé, HP, Hospital Albert Einstein, Indústrias Tevah, Banco Real ABN Amro Bank, Grupo Telefônica, Bank Boston, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Santander Banespa, McCann Erickson, Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg)), Instituto Ayrton Senna, Comitê de Entidades no Combate à Fome e pela Vida (Coep), Instituto Ethos, Maxpress, Boxnet, Projeto das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD-Brasil), Patri, Fundação Casper Líbero, Gaspar & Associados, Faça Parte, Fiesp/Ciesp, supermercado Formosa, Fiep/Sesi/Senai.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sejusp autoriza promoção funcional Ano Base 2020 de 86 servidores da Polícia Civil
MS
Sejusp autoriza promoção funcional Ano Base 2020 de 86 servidores da Polícia Civil
Lobinho atropelado é resgatado às margens de rodovia de MS
RIO NEGRO
Lobinho atropelado é resgatado às margens de rodovia de MS
Concessão de terrenos é feita e auxilia no fomento de indústrias locais
DOURADOS
Concessão de terrenos é feita e auxilia no fomento de indústrias locais
MS soma mais de 890 mil doses de vacinas aplicadas contra o coronavírus
PANDEMIA
MS soma mais de 890 mil doses de vacinas aplicadas contra o coronavírus
Em MS, Bolsonaro defende voto impresso e diz que só perde para Lula na fraude
POLÍTICA
Em MS, Bolsonaro defende voto impresso e diz que só perde para Lula na fraude
BRASIL
Butantan paralisa produção de vacinas por falta de insumos
DOURADOS
Comad realiza encontros para discutir sobre a pandemia da dependência química
PARADESPORTO
De MS, Fernando Rufino conquista o ouro na Copa do Mundo de Paracanoagem
COMER BEM
Farofa crocante de tortilha com linguiça
PANDEMIA
Paciente de 26 anos sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
PESQUISA
Estudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP