Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221

Sem-terra só deixam área do anel viário se tiverem outra, diz ouvidor

02 janeiro 2004 - 15h42

O ouvidor agrário estadual, Ulysses Duarte, acredita que o impasse envolvendo integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra) na região do anel rodoviário, em Campo Grande, deve ser solucionado somente no fim da próxima semana. A Justiça já concedeu à Prefeitura reintegração de posse da área onde estão os acampados, às margens da estrada, mas o número de pessoas no local cresce diariamente. Segundo Duarte, o prazo para que os sem-terra saiam do local termina no domingo. Na segunda-feira, ele pretende verificar se o grupo saiu espontaneamente. No entanto, ele sabe que esta é uma hipótese remota. Por isso, já aponta que será necessário negociar até as últimas possibilidades. Fala-se em pedir à Polícia Militar que auxilie na retirada dos sem-terra. Mas, as autoridades sabem que também será inútil força bruta contra famílias com mulheres e crianças. O jeito, ao que tudo indica, será encontrar uma alternativa para alojar os sem-terra, atendendo às reivindicações dos acampados. Duarte disse que as opções levantadas acabaram “furando” e, com os feriados de Natal e Ano Novo, a negociação atravancou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação contra aftosa será mantido
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS