quarta, 19 de janeiro de 2022
Dourados
37°max
25°min
Campo Grande
34°max
24°min
Três Lagoas
36°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Sem-terra se dizem ameaçados pelo superintendente do Incra

07 outubro 2003 - 16h22

Centenas de famílias de trabalhadores sem-terra que vivem acampadas na região de fronteira se dizem intimidadas com ameaças que estariam partindo do superintendente do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Luiz Carlos Bonelli.Uma mulher que vive acampada com a família no Acampamento Dom Aquino, localizado na MS-164 que liga Ponta Porã a Antônio João, disse que o superintendente fez reunião recentemente com os acampados, oportunidade que afirmou em alto e bom som que só receberiam lotes as famílias que lhe garantiram respaldo nas urnas no ano passado, quando disputou as eleições para deputado estadual.A acampada disse que Bonelli falou que seria mais fácil assentar as famílias que estão no Acampamento Quero-Quero, em Antônio João, porque essas depositaram nele votos de confiança nas últimas eleições. Ela disse que a declaração levou a entender que quem não votou no superintendente para deputado, não teria a mesma chance de conquistar um lote.Segundo a trabalhadora rural, a declaração de que a seleção para aquisição de lotes será muito rígida, está amedrontando as pessoas que realmente precisam de terra e que sonham em ganhar um lote para produzir o sustento de suas famílias. “Acho que não é justo o que estão fazendo. Não podemos concordar que o superintendente fique coagindo as pessoas, utilizando picuinhas políticas para prejudicar a gente que já sofre tanto”.De acordo com a trabalhadora sem-terra, só no acampamento Dom Aquino vivem 320 famílias e, no Quero-Quero, outras 250 famílias. “As lideranças desses acampamentos, assim como todas as pessoas que acreditam na reforma agrária e que sonham com um pedaço de terra para trabalhar, esperam que não aconteçam mais reuniões onde os trabalhadores são intimidados por não terem votado neste ou naquele candidato nas últimas eleições”, finalizou. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ

Empresário brasileiro é atacado a tiros por pistoleiros na fronteira

EDUCAÇÃO

UFGD seleciona instrutores de Espanhol e História para cursinho

Idoso é encontrado morto após comprar bebida alcoólica em bar
CAMAPUÃ

Idoso é encontrado morto após comprar bebida alcoólica em bar

EMPREGO

Marinha abre dois concursos para 980 vagas de nível médio

ABIGEATO

Ladrões invadem sítio e fogem levando 32 cabeças de gado nelore

IDIOMAS

Delegacia da Mulher de Dourados passa a contar com intérprete de Guarani

IMUNIZAÇÃO

AGU aponta mais de 70 casos de erro em vacinação infantil no MS

ESPORTE

Projeto reconhece jogo de queimada como modalidade esportiva

RIO VERDE

Procurado por força-tarefa, homem é morto enquanto tentava fugir

SAÚDE

Fiocruz submete novo teste de covid-19 à Anvisa

Mais Lidas

GRIPE

Influenza H3N2 mata douradense de 25 anos sem comorbidades

DOURADOS

Idoso é flagrado mantendo relações sexuais com cadela e vai para a delegacia

DOURADOS

Mulher 'ostenta' pistola em bairro e acaba presa por porte ilegal

DOURADOS

Após perturbação de sossego, idosa registra queixa contra vizinho