domingo, 16 de junho de 2024
Dourados
26ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Sem-terra querem audiência com juíza federal

19 outubro 2004 - 08h42

Os sem-terra que estão em frente ao prédio da Justiça Federal em Dourados querem uma audiência com a juíza federal, Luciana Melchiori Bezerra. Pelas informações obtidas pelo Dourados News os acampados querem que a juíza determine que os cerca de 28 mil hectares da fazenda Teijin em Nova Andradina sejam destinados para eles, já que o INCRA possui inclusive o Termo de Emissão de Posse. De acordo com os líderes do acampamento 17 de Abril todas as fases do processo já foram percorridas e as partes se manifestaram restando apenas a decisão final que, segundo eles deve partir da juíza Luciana Melchiori Bezerra. Na Justiça Federal não existe a informação de que a magistrada vá manter audiência com os sem-terra. (Antonio Coca)

Deixe seu Comentário

Leia Também

BIOMA EM RISCO

Governo firma pacto para preservar Pantanal; conheça o documento

EDITAL

Edital de Convocação - Avigrand

POLÍCIA

Jovem é agredido com golpes de facão em tentativa de homicídio 

Alems, TJ e Governo se unem em apoio ao Ponto Final para Feminicídio
POLÍTICA

Alems, TJ e Governo se unem em apoio ao Ponto Final para Feminicídio

FUTEBOL

Cruzeiro anuncia acordo com Dudu, atacante do Palmeiras

Pneu de carreta estoura e homem morre na varanda de casa

EDUCAÇÃO

UEMS é uma das organizadoras do Seminário da Rede UniSustentável

LOTERIAS

Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 53 milhões

FUTEBOL

Estadual Sub-20 abre rodada com vitórias de Aquidauanense e Dourados

POLÍTICA

Presidente do Solidariedade, Eurípedes Jr. se entrega após 4 dias foragido

Mais Lidas

NEGÓCIOS E CIA

Veja quem recebe o PIS/Pasep na próxima semana

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Missão Caiuá é "desclassificada" pela Sesai e deixará de atender saúde indígena em Dourados

MS-164

Mais de R$ 100 mil em defensivos agrícolas contrabandeados são apreendidos na fronteira