Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99257-3397

Sem-terra querem assentamento em área do Exército

17 março 2004 - 14h53

Cem famílias de trabalhadores rurais sem-terra começaram a fazer hoje uma vigília na entrada da fazenda Coração de Menino, em Antônio João, na fronteira com o Paraguai, para pedir a desapropriação da área para reforma agrária.O grupo é ligado à Fetagri e o objetivo manifestação é sensibilizar as autoridades para a situação das famílias, que já aguardam serem assentadas desde maio de 1999. A fazenda Coração de Menino já pertenceu ao ex-deputado federal e ex-prefeito de Ponta Porã, Oscar Goldoni, e foi entregue ao Banco do Brasil.O banco repassou a área, que tem 1095 hectares, para o Exército Brasileiro, mas a fazenda não é utilizada para treinamento militar. De acordo com a Fetagri no município, o EB

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Banco Central iguala limite do Pix ao das transferências eletrônicas
Daniela Hall é líder de Alan Guedes na Câmara de Dourados
ARTICULAÇÃO
Daniela Hall é líder de Alan Guedes na Câmara de Dourados
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
Vacinação de trabalhadores de saúde volta amanhã e de idosos de 89 anos na quarta
DOURADOS
Vacinação de trabalhadores de saúde volta amanhã e de idosos de 89 anos na quarta
EDUCAÇÃO
Divulgado o resultado preliminar do Vestibular UEMS 2021
PANDEMIA
Ocupação de leitos UTI Covid-19 tem queda, mas taxa permanece alta em Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Jovem é preso com droga sintética e maconha em Campo Grande
AUXÍLIO
Projeto ajuda famílias de refugiados a matricularem seus filhos em escolas públicas de Dourados
MS
Bandido é morto ao tentar assaltar policial de folga
FUTEBOL
Santos apresenta oficialmente o técnico argentino Ariel Holan

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
PANDEMIA
Mais uma pessoa morre por covid em Dourados e casos confirmados se aproximam de 21 mil
DOURADOS
Homem é suspeito de incendiar carro de vizinho após ser mordido por cachorro