Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Sem-terra de Itaquiraí tentam cobrar pedágio de juiz federal

10 janeiro 2004 - 12h07

Um grupo de militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) tentou cobrar ontem, na BR-163, entre Itaquiraí e Eldorado, pedágio do juiz federal Odilon de Oliveira. O veículo, ocupado pelo juiz e pelo procurador da República Ramiro Rosemback da Silva, chegou a ser parado pelo grupo, mas os sem-terra baixaram a corda depois que uma viatura da Polícia Federal, que o acompanhava, acionou a sirene.

Os sem-terra, de um acampamento instalado na beira da rodovia, estavam parando os veículos desde o início da manhã. Portando foices e enxadas, eles exigiam o pagamento de valores entre R$ 1,00 e R$ 5,00 por veículo, alegando que estavam sem alimentos para as famílias acampadas no local. Assim que a caminhoneta ocupada pelo juiz passou, os sem-terra voltaram a estender a corda na rodovia.

Os policiais federais que acompanhavam o juiz em duas viaturas também seguiram viagem. Oliveira se dirigia ao município de Japorã, para uma audiência com índios caiuás. Mais adiante, os policiais federais pararam e autuaram o motorista Florentino Benitez, de 34 anos, que transportava 35 índios, a maioria mulheres e crianças, em um caminhão de gado.



Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Saiba como se exercitar em casa durante a quarentena
RESTRIÇÕES
Comércio da capital volta a funcionar na segunda-feira
BRASIL
Rio terá turnos de trabalho para não lotar transporte público
PREVENÇÃO
Direção Viva alerta sobre importância de higienizar veículos automotores como prevenção contra o Coronavírus
STF
Ministro julga inviável ação do PDT contra suspensão de prazos do Enem 2020
CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis
COVID-19
Gerente técnico de medicamentos da Vigilância Sanitária alerta sobre riscos da automedicação

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira