domingo, 21 de abril de 2024
Dourados
31ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Sem-terra continuam em fazenda invadida em Rio Brilhante

11 setembro 2003 - 06h00

Nem mesmo a presença da Polícia Militar fez as cerca de 250 pessoas que estão na fazenda Santa Maria em Rio Brilhante deixarem a área na tarde de ontem como o Governo do Estado havia prometido. Os sem-terra não assinaram a ordem judicial de reintegração de posse e se recusaram a deixar o local. Eles fizeram algumas reivindicações como lonas para construção de novos barracos, cesta básica, caminhões para o transporte das famílias e uma nova área para ficarem. O comandante da Polícia Militar de Dourados, coronel Erudilho Nabuco conversou com os sem-terra e foi informado que na manhã de hoje haveria uma reunião em Campo Grande entre representantes do MST, Governo do Estado e INCRA e somente depois da reunião é eles dariam uma solução para o caso. A fazenda Santa Maria invadida o dia 22 de março deste ano, pertence ao espolio de José Cerveira e está fora dos padrões da reforma agrária e é produtiva. As famílias ligadas ao MST estão em uma área de preservação ambiental. A ordem de reintegração de posse foi dada no dia 24 de março pelo juiz de Rio Brilhante  Márcio Alexandre Wust. Ontem o coronel Nabuco disse ao O Estado que a tropa não ficaria na área durante a noite e só voltaria depois da reunião desta manhã em Campo Grande. (Antonio Coca)

Deixe seu Comentário

Leia Também

DAC divulga escalação para a final do estadual, logo mais em Campo Grande
CAMPEONATO ESTADUAL

DAC divulga escalação para a final do estadual, logo mais em Campo Grande

Aliados de Bolsonaro fazem ato político no Rio de Janeiro
BRASIL

Aliados de Bolsonaro fazem ato político no Rio de Janeiro

Dourados deve ter semana sem chuvas e com temperaturas mais elevadas; confira a previsão
CLIMA

Dourados deve ter semana sem chuvas e com temperaturas mais elevadas; confira a previsão

Conheça o barrosã, o boi mais bonito do mundo
PECUÁRIA

Conheça o barrosã, o boi mais bonito do mundo

Mobilização indígena em Brasília vai pressionar contra marco temporal
DIREITOS HUMANOS

Mobilização indígena em Brasília vai pressionar contra marco temporal

REGIÃO

Idosa é presa ao tentar levar cocaína nos chinelos para filho em presídio

ESTIMATIVA

Brasil deve exportar 96 milhões de toneladas de soja em 2024

SAÚDE

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

CONSUMIDOR

Senacon notifica sites de e-commerce por venda de dióxido de cloro

CULTURA

Mulheres sambistas lançam livro-disco infantil com protagonista negra

Mais Lidas

DOURADOS 

Jovem é estuprada após ser abordada por desconhecido em Saveiro branco

COTAÇÃO

Soja segue em destaque no mercado do agro em Dourados, confira cotação

DOURADOS

Justiça manda arquivar processo de improbidade contra envolvidos na Operação Pregão

DOURADOS 

Mulher de 46 anos morre atropelada por motocicleta na MS-156