Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397
OPINIÃO

Sem segunda dose aos "fura-fila"

25 janeiro 2021 - 19h55Por Dirceu Cardoso

Adequada a decisão da juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal de Manaus, que impede a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 naqueles que furaram a fila. Além da proibição, a sentença determina que o vacinado indevido, se insistir em receber a dose adicional, seja preso em flagrante e apresentado ao Judiciário para as providências cabíveis. É uma postura que deveria estar presente em todas as localidades onde a fila dos prioritários foi descumprida. Oposta ao prefeito da capital amazonense, que ameaçou proibir a postagem de fotos da vacinação nas redes sociais, o que não repararia o desvio, mas serviria para esconder os errantes, normalmente pessoas importantes que, valendo-se da "carteirada" e do tráfico de influência, burlaram a ordem de vacinação.

Ainda temos um grande tempo a seguir no processo de vacinação. Deveriam os governos federal, estaduais e até os municipais definir penalidades para quem conseguir se vacinar antes da fila de imunização chegar ao seu grupo. Punir tanto o vacinado quanto o vacinador que aplicar a dose em desacordo com a escala de prioridade e as orientações recebidas. O estabelecimento de grupos prioritários para tomar a vacina não é aleatório. Atende a critérios científicos que identificam os indivíduos sob maior risco de serem infectados pelo coronavírus e desenvolver a síndrome respiratória e outros males que demandam internação com entubação e podem levar à morte. Imunizar quem não corre esses riscos pode ensejar óbitos dos vulneráveis que, com a vacina, são evitáveis.

Desde a aprovação e liberação da Coronavac e da Oxford pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que também autorizou sua produção nacional pelo Instituto Butantã e Fiocruz, a vacinação tornou-se atividade prioritária. Quem fazia charme dizendo que não ia se vacinar está contando os dias à espera da chegada de sua vez. Até entre os que furaram a fila existe quem falou contra a vacina nas redes sociais e, com seu ato anti-social, demonstrou no mínimo falta de seriedade.

Que as autoridades de saúde criem mecanismos seguros para que as vacinas não voltem a cair nas mãos de oportunistas que a elas ainda não têm direito. E, se isso vier a acontecer, sejam acionados os órgãos de controle, auditorias e denúncia para que os responsáveis sejam formalmente enquadrados e apresentados ao Poder Judiciário. O Brasil não pode ser indefinidamente o "país do jeitinho", especialmente quando isso pode custar vidas. Quem pretende ser vacinado tem de provar fazer parte dos grupos em atendimento. Sem isso, jamais...

Dirceu Cardoso é dirigente da Aspomil (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo).

Os artigos opinativos são de responsabilidade de seus autores e em nada refletem a opinião deste veículo de comunicação. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia Civil fecha boca-de-fumo pela 4ª vez em dois anos
CAMPO GRANDE
Polícia Civil fecha boca-de-fumo pela 4ª vez em dois anos
Caminhonete furtada é recuperada com quase duas toneladas de maconha
AMAMBAI
Caminhonete furtada é recuperada com quase duas toneladas de maconha
Adequada à Lei de Responsabilidade Fiscal, despesa do Estado com pessoal chega a R$ 7,1 bilhões
ECONOMIA
Adequada à Lei de Responsabilidade Fiscal, despesa do Estado com pessoal chega a R$ 7,1 bilhões
Envolvido com quadrilha de furtos de máquinas agrícolas paga fiança de R$ 10 mil e é liberado
DOURADOS
Envolvido com quadrilha de furtos de máquinas agrícolas paga fiança de R$ 10 mil e é liberado
LICENÇA AMBIENTAL
Renovação de licença ambiental
PARANHOS
Homem é encontrado morto em cidade de MS com mãos e pés decepados
TRÁFICO DE DROGAS
Carga de 29 toneladas de maconha é incinerada em Dourados
DOURADOS
MPE é contra autorização para ex-vereador alvo da Cifra Negra ser nomeado
LEVANTAMENTO
Desemprego recua para 13,9% no 4º trimestre, mas é o maior para o ano
REGIÃO
Dupla é presa transportando drogas na MS-289

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo