Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Seleção vence Hungria por 4 a 1 com futebol convincente

28 abril 2004 - 16h26

A seleção brasileira desencantou em Budapeste. Nesta quarta-feira o Brasil conseguiu a primeira vitória no ano vencendo a Hungria por 4 x 1 em amistoso disputado no estádio Ferenc Puskas, na capital húngara. Mostrando um futebol descontraído e eficiente, principalmente no primeiro tempo, a seleção finalmente conseguiu a primeira vitória sobre os húngaros na história.A equipe brasileira, que ainda não havia marcado gols em 2004, enfim voltou a marcar. Depois de empate sem gols com a Irlanda e o Paraguai, o time de Carlos Alberto Parreira reencontrou o caminho das redes em Budapeste, com Kaká, Luís Fabiano e Ronaldinho Gaúcho, o "trio de ouro alternativo", sem a presença de Ronaldo. Sem três titulares, o zagueiro Lúcio, o volante Gilberto Silva e o atacante Ronaldo, o técnico Carlos Alberto Parreira teve a oportunidade de observar algumas novas alternativas para a equipe brasileira. Certamente a presença de Juan na zaga, Edmílson e Juninho Pernambucano no meio e Luís Fabiano na frente foi proveitosa para o treinador brasileiro. A partida começou com a seleção brasileira demonstrando boa mobilidade no meio-campo, com quase todas as trocas de bola passando pelos pés de Juninho Pernambucano. Nos primeiros minutos de jogo, os brasileiros encontravam facilidade para tramar as jogadas pelas pontas. Já pelo centro a marcação estava bem fechada.A primeira grande chance de gol do Brasil aconteceu aos 8 minutos, quando Kaká arrancou pela direita e serviu Luís Fabiano. O atacante do São Paulo virou bem de direita e exigiu boa defesa do goleiro Babos. No rebote, Ronaldinho Gaúcho armou um arremate de bicicleta, mas a bola saiu sobre o gol húngaro. Em seguida, a equipe da casa esboçou equilibrar a partida, levando algum perigo ao gol de Dida em jogadas aéreas e em bola parada. Em resposta, a seleção brasileira foi à frente, com Ronaldinho Gaúcho e Kaká se movimentando bastante, tentando criar espaços para o arremate.Desta forma, as chances começaram a aparecer. Aos 23 minutos, Kaká tabelou com Luís Fabiano e teve a oportunidade de concluir na área, de frente para o goleiro. No entanto, o tiro do jogador do Milan não acertou o alvo. Mas, a segunda oportunidade na frente do gol, Kaká não iria desperdiçar. Aos 32 minutos, o camisa 8 da seleção recebeu na frente após bela troca de passes de Luís Fabiano e Ronaldinho Gaúcho. De frente para Babos, Kaká bateu com força, no centro do gol, para fazer Brasil 1 x 0.Três minutos depois, a seleção voltaria a encontrar as redes húngaras. Kaká fez grande jogada pela esquerda, se livrou da marcação e bateu colocado. Babos rebateu para o meio e Luís Fabiano apareceu rasgando para empurrar a bola para o gol. Ainda antes do intervalo a seleção voltaria a marcar. Ronaldinho lançou na esquerda para Roberto Carlos, que centrou para a área com um toque só. Luís Fabiano se antecipou à marcação, e desviou de carrinho para marcar seu segundo gol da partida e fazer Brasil 3 x 0. No segundo tempo, Parreira ofereceu oportunidade para mais novatos. Mancini, Dedê e Edu entraram respectivamente nos lugares de Cafu, Roberto Carlos e Zé Roberto. De cara, o ritmo brasileiro não foi o mesmo da etapa inicial. Aos 10 minutos, o húngaro Torghelle recebeu em posição duvidosa na frente e bateu na saída de Dida. O goleiro brasileiro defendeu a primeira, mas não conseguiu evitar o gol no rebote.Em seguida, Parreira promoveu mais mudanças na equipe brasileira, com Bordon, Júlio Baptista e Alex entrando respectivamente nas vagas de Juan, Juninho Pernambucano e Kaká. Por fim, o treinador mandou Felipe se aquecer para entrar no lugar de Ronaldinho. Mas, instantes antes de deixar o campo, o meia do Barcelona recebeu na frente, tirou o goleiro do lance e chutou para definir o placar em 4 x 1.A seleção brasileira volta a se reunir para enfrentar a França no dia 20 de maio, em Paris, em jogo comemorativo do centenário da Fifa. Cinco dias depois o Brasil encara a seleção da Catalunha, em Barcelona. Pouco depois, no começo de junho, a equipe de Parreira enfrenta a Argentina em Belo Horizonte e na seqüência o Chile em Santiago, em jogos válidos pelas Eliminatórias da Copa.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Capataz cai de moto ao sair para trancar porteira e morre no hospital
BRASIL
Bolsonaro entrega projeto que abre caminho para privatização dos Correios
POLÍCIA
Acusado de estupro, vice-presidente da OAB em MS se afasta da função
ECONOMIA
Clientes da Caixa podem acessar serviços do governo pelo aplicativo
TRÊS LAGOAS
Mulher é mantida refém e sofre tentativa de estupro por invasor de casa
MS
Mais de 1,2 mil privados de liberdade realizam o Enem em MS
CRIME AMBIENTAL
Mulher é presa e multada em R$ 2 mil por pescar em local proibido
EMPREGO
Depen suspende provas de concurso público para 309 vagas
CAPITAL
Idoso morre horas após cair quando fazia manutenção em telhado
TECNOLOGIA
Detran/MS agora tem sinal de wi-fi gratuito em agências do interior

Mais Lidas

REGIÃO
Homem é preso após estuprar menina de 11 anos
REGIÃO
Trio de Dourados é preso tentando furtar agência dos Correios de Itaporã
TACURU
Tatuagem ajuda mãe a identificar homem encontrado morto sem a cabeça
BOA AÇÃO
Vítima de golpe, família é ajudada por funcionário de companhia aérea em Campo Grande