Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Seleção sub-20 terá mudanças para enfrentar a Eslováquia

08 dezembro 2003 - 15h07

O técnico Marcos Paquetá definiu nesta segunda-feira que a seleção brasileira vai ter três mudanças para enfrentar a Eslováquia, amanhã, às 12h (horário de Brasília), na cidade de Sharjah, pelas oitavas-de-final do Mundial sub-20 que está sendo disputado nos Emirados Árabes Unidos.Em relação ao último jogo da primeira fase, quando o Brasil perdeu por 3 a 2 para a Austrália, o treinador fez três mudanças. O goleiro Jeferson entra no lugar de Fernando Henrique, Adriano volta no lugar de Coelho e Jardel deixa equipe para a entrada de Carlos Alberto.Paquetá confirmou a equipe com Jeferson, Daniel, Alcides Eduardo, Adaílton e Adriano; Dudu Cearense, Carlos Alberto, Andrezinho e Daniel Carvalho; Kléber e Nilmar.Esta será a quarta partida da seleção no Mundial da categoria. Derrotou o Canadá na estréia (2 a 0), empatou com a República Tcheca (1 a 1) e perdeu para os australianos, 3 a 2. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Itália tem 463 novos casos de Covid-19 e duas mortes em 24 horas
OPINIÃO
Autossuficiência que almejamos
PANDEMIA
Brasil registra 3 milhões de casos de coronavírus e 101 mil mortes
BRASILEIRÃO
Flamengo é derrotado pelo Atlético-MG com gol contra de Filipe Luís
FUTEBOL
STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada
INTERNACIONAL
Doadores prometem ajuda humanitária “importante” ao Líbano
PANTANAL
Após três dias de combate, bombeiros controlam fogo que destruiu 2 mil hectares
TRÁFICO DE DROGAS
Dois são presos em carro com 259,6 kg de maconha na Capital
ECONOMIA
Mato Grosso do Sul apresenta crescimento de 58% em exportação de soja
PMA
Ação conjunta resulta na apreensão de 32 t de sucatas de baterias usadas

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados