Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Seleção feminina de vôlei pára na semifinal olímpica

26 agosto 2004 - 15h06

Pela terceira vez seguida, a seleção brasileira feminina de vôlei foi eliminada nas semifinais em uma Olimpíada. Nesta nesta quinta-feira, o time comandado pelo técnico Zé Roberto perdeu para a Rússia por 3 sets a 2, depois de abrir 2 a 0, e perdeu a chance de disputar o ouro nos Jogos de Atenas. Com isso, o país segue sem jamais ter alcançado uma final com as mulheres na quadra. As parciais foram de 18/25, 21/25, 25/22, 28/26 e 17/15.As brasileiras tentam agora repetir o feito de Atlanta-1996 e em Sydney-2000, quando acabou levando o bronze. O adversário será o perdedor de Cuba x China, que jogam ainda nesta quinta.Além da derrota, a seleção brasileira viu aumentar a desvantagem no retrospecto recente contra as russas, time para o qual vem servindo de saco de pancadas. Nos sete confrontos anteriores, as brasileiras haviam vencido apenas um, no Grand Prix-2002.Nesta quinta, o Brasil começou bem e soube superar o alto time russo, que possui a atleta de maior estatura nesta Olimpíada (Gamova, 2,04 m).Após um começo ruim no primeiro set, a equipe melhorou e passou a dificultar o passe adversário com saques forçados. O time nacional passou à frente pela primeira vez em 9/8. Com a levantadora Fernanda Venturini bem na partida, o time equilibrou os ataques com Virna, Walewska, Mari e Valeskinha e acabou fechando em 25/18, num bloqueio triplo.As russas, que concentraram seu jogo em Gamova no primeiro set, voltaram melhor na segunda parcial. Aproveitando-se dos erros das brasileiras, que não conseguiam aproveitar os contra-ataques, as rivais dominaram até 20º ponto. Mas, com grande atuação de Sassá, que entrou bem na partida, e com 14 pontos de Mari, o Brasil conseguiu encostar no final, virar pela primeira vez em 22/21 e fechar em 25/21.As broncas do técnico Nikolai Karpol surtiram efeito para as russas no terceiro set. Apesar do equilíbrio, o Brasil parou no bloqueio no final e viu as adversárias fazerem 25/22.No quarto set, após novo início equilibrado, o ataque e o bloqueio brasileiro funcionaram bem, com destaques para Valeskinha e Mari. Depois de obter uma vantagem de cinco pontos (24 a 19), o time brasileiro desperdiçou seguidos match points e permitiu o empate em 25/25. No final, as russas acabaram virando e fechando em 28 a 26.O tie-break seguiu a tônica do jogo. Mesmo disputando ponto a ponto, o Brasil manteve-se sempre à frente até o 13º ponto. No entanto as russas conseguiram empatar em 13 a 13 e, em seguida, viraram para 15/13, fechando o jogo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Temperatura continua amena em Dourados e máxima não passa de 26ºC
TEMPO
Temperatura continua amena em Dourados e máxima não passa de 26ºC
Ato da Mesa Diretora mantém Assembleia fechada para o público na pandemia
LEGISLATIVO DE MS
Ato da Mesa Diretora mantém Assembleia fechada para o público na pandemia
Prêmio da Mega pode chegar a R$ 33 milhões neste sábado
LOTERIA
Prêmio da Mega pode chegar a R$ 33 milhões neste sábado
Juscelino Cabral fala sobre audiência que discutiu segurança no trânsito de Dourados
TV DOURADOS NEWS
Juscelino Cabral fala sobre audiência que discutiu segurança no trânsito de Dourados
CAPITAL
Homem morre após bater motocicleta na traseira de caminhonete
SAÚDE
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
BATAGUASSU
Ex-marido descarrega revólver contra mulher que fica em estado grave
EDUCAÇÃO
Professores desenvolvem projeto que busca integrar Escola e Universidade
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
SAÚDE
Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor