Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99257-3397

Segurança alimentar será debatida segunda-feira na AL

23 abril 2004 - 15h38

Mato Grosso do Sul apresenta sérios problemas de logística e distribuição de alimentos para a população e, conforme especialistas, a necessidade de uma avaliação das atuais condições do setor é urgente. Em Campo Grande, por exemplo, cerca de 70% dos produtos de hortifrutigranjeiros vêm de outros Estados, enquanto os mais de 350 pequenos e mini-produtores rurais estabelecidos ao redor da capital sofrem com a falta de mercado e de competitividade com os produtos de fora. No restante do Estado não é diferente: aproximadamente 5,8 mil pequenos produtores vivem a mesma situação, sentindo a falta de políticas de incentivo e as enormes dificuldades em obter crédito.Baseado neste cenário, o deputado estadual Semy Ferraz e o deputado federal João Grandão (ambos do PT) vão coordenar, às 14 horas, da próxima segunda-feira, dia 26 de abril, a audiência pública “Abastecimento e Segurança Alimentar em MS”, no plenário Julio Maia da Assembléia Legislativa. Um dos debatedores será o diretor de Logística e Gestão Empresarial da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Silvio Isopo Porto, que implantou programas de segurança alimentar em Belo Horizonte e Porto Alegre, em gestões petistas. Outro convidado é o engenheiro agrônomo Ronaldo Botelho, que vai apresentar a experiência do programa de segurança alimentar implantado em Naviraí.Para Semy, a agricultura familiar apresenta-se como forma de enfrentar e sanar os inúmeros problemas ainda existentes no setor. “A comunidade técnica envolvida com a questão tem propostas e projetos específicos para enfrentar esses desafios. Assim, a audiência pública será uma oportunidade para discutirmos propostas, avaliar o atual estágio da atividade no Estado, as diversas visões de técnicos, organizações sociais e da comunidade diretamente relacionada”, explica. Segundo o engenheiro agrônomo Edimilson Volpe, assessor do parlamentar, o evento vai discutir a questão com foco no desenvolvimento dos municípios, com base na agricultura familiar, que é numerosa ao redor das cidades.“Existe um sério desequilíbrio entre produção e consumo, pois os pequenos produtores do Estado não têm acesso ao mercado local, geralmente por falta de competitividade, e os consumidores recebem a sobra dos produtos de outros Estados, a preços inferiores”, explica Edimilson. Ele destaca que é preciso discutir a segurança alimentar como um processo de integração entre os agricultores familiares e as comunidades, tendo em vista o desenvolvimento de toda a sociedade. “Essa relação pode favorecer produtores e consumidores, pois resultaria em produtos de melhor qualidade a preços mais competitivos, e os recursos continuariam na comunidade”, completa.O engenheiro agrônomo Carlos Augusto Marteli, diretor da Coopgrande (Cooperativa Agrícola de Campo Grande) reclama que, além da falta de políticas para o setor e difícil acesso ao crédito, os supermercados da capital representam grande dificuldade para os pequenos produtores. “Com as promoções nos chamados dias verdes, eles vendem produtos de fora do Estado a preços abaixo do valor de mercado, inviabilizando a produção local”, afirma. Segundo ele, os supermercados alegam que os produtores locais não suprem a demanda o ano todo. “Acontece que os produtores não têm como produzir sem um mercado garantido”, completa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Brasil registra 1.726 mortes nas últimas 24 horas e bate novo recorde
CAPITAL
Homem pega Uno emprestado e veículo acaba sendo furtado
COVID-19
Senado aprova MP que prevê 7 dias para Anvisa autorizar vacina
História "mal contada" de casal leva à prisão e apreensão de Jeep furtado
CORUMBÁ
História "mal contada" de casal leva à prisão e apreensão de Jeep furtado
Ladrão furta oficina e vai preso vendendo peças em ferro-velho
Ladrão furta oficina e vai preso vendendo peças em ferro-velho
JUSTIÇA
Decisão de desembargadores livra deputado do uso de tornozeleira eletrônica
MEDIDA
Nova Andradina poderá ter estado de calamidade prorrogado até 30 de junho
MS
Termos de adesão e cooperação para seletiva estadual dos Jogos Escolares são assinados
DOURADOS 
Homem é preso em flagrante por furto no Jardim Rasslem
REGIÃO
Ação conjunta combate exploração de madeira de área protegida em MS

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente