Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Segunda parcela do IPTU vence nesta quarta

08 março 2010 - 17h02

A segunda parcela do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) vence nesta quarta-feira. Até agora, o município de Dourados arrecadou R$ 13 milhões, somando o pagamento à vista da cota única e a primeira parcela, que venceu no dia 10 do mês passado.

Segundo a secretária municipal de Finanças, Ignez Medeiros, a arrecadação este ano está dentro das expectativas, já que se esperava um aumento na arrecadação. No ano passado, neste mesmo período, o município havia arrecadado algo em torno de R$ 8 milhões. “Muitos contribuintes preferiram pagar o imposto à vista para aproveitar os descontos que o município concedeu no início do ano para quem quitasse em cota única”, disse Ignez.

Ela lembra também que muitos contribuintes estão sendo incentivados pelo programa “Bom Pagador”, que vai proporcionar descontos de 10% no IPTU de 2013 para quem pagar em cota única e dentro do prazo nos próximos três anos.

Neste ano, a prefeitura lançou R$ 33 milhões através de 57 mil carnês. A previsão é arrecadar em torno de R$ 20 milhões, levando em conta a inadimplência e o desconto para pagamento à vista.

De acordo com Ignez Medeiros, o IPTU pago pelo contribuinte é usado em benfeitorias da cidade, pois os recursos estão sendo aplicados em obras e serviços públicos, como saúde, educação e assistência social. Uma das prioridades do prefeito Ari Artuzi é a área de saúde e a recuperação da malha asfáltica do município, que há mais de 20 anos não recebe manutenção adequada.

Até o vencimento, o imposto pode ser pago nas agências do Banco do Brasil, casas loterias e na Agenfa (Agência Fazendária). Após o vencimento, o contribuinte precisa pedir uma segunda via da guia, no setor de IPTU, no CAM (Centro Administrativo Municipal), ou através do site www.dourados.ms.gov.br


Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher