terça, 24 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
BRASIL

Sebrae mostra impacto da pandemia sobre empreendedores negros

15 janeiro 2022 - 12h20Por Agência Brasil

Pesquisa feita pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que os empreendedores negros estão com mais dificuldades do que os brancos para retomar as vendas ao patamar anterior à pandemia de covid-19. De acordo com o levantamento realizado pela 13ª Pesquisa de Impacto do Coronavírus nos Pequenos Negócios, 72% dos empresários negros estão faturando menos. O índice é de 66% no caso de empreendedores brancos. 

A pesquisa, que foi feita em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), também mostra que 10% dos empreendedores negros informaram que estão faturando mais com a retomada da economia, enquanto 14% dos empreendedores brancos declararam que estão tendo uma receita maior. A perda de receita atingiu 35% dos negros e 27% dos brancos. 

O levantamento também tratou do acesso dos empresários ao crédito. Conforme o levantamento, 35% dos entrevistados negros estão inadimplentes, enquanto o endividamento entre brancos é de 24%. 

O impacto dos efeitos das restrições de comércio sobre a população negra está sendo acompanhado pelo Sebrae desde o início da pandemia. Em 2020, o Sebrae apontou que as mulheres empreendedoras negras são as mais afetadas entre todos os grupos de empresários brasileiros. 

Faz um Pix
A 13ª Pesquisa de Impacto da Pandemia também mostrou que 86% dos pequenos negócios estão utilizando o Pix, sistema de pagamento eletrônico instantâneo desenvolvido pelo Banco Central. A adesão subiu em relação à pesquisa realizada em agosto, quando foi apurado que 77% dos entrevistados usavam a ferramenta.

A modalidade pagamento é mais utilizada nos serviços de alimentação, academias, salões de beleza e oficinas. As atividades ligadas aos serviços empresariais e de energia foram os setores que menos aderiram.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grávida morta com tiro na cabeça morreu ao tentar proteger um irmão
CAARAPÓ

Grávida morta com tiro na cabeça morreu ao tentar proteger um irmão

Lira tira deputado crítico de Bolsonaro, da vice-presidência da Câmara
CONGRESSO

Lira tira deputado crítico de Bolsonaro, da vice-presidência da Câmara

IVINHEMA

Mensagem sobre massacre viraliza entre alunos e causa pânico em escola

BRASIL

Governo anuncia corte no imposto de importação de arroz, feijão e carne

Após acidente, motociclista quase teve cabeça esmagada por ônibus

FUTEBOL

Procuradoria do STJD denuncia Cruzeiro e Grêmio por cantos homofóbicos

FRONTEIRA

Corpo encontrado no Paraguai é de jovem de Coronel Sapucaia

UEMS

Dourados sedia Congresso Nacional Estudos Linguísticos e Literários 

RIO BRILHANTE 

Homem que matou um e feriu outro é condenado a 25 anos de prisão

BOA SORTE

+Milionária: como apostar na nova loteria, que estreia no sábado

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ

Ciclista morre atropelado na MS-156 e motorista foge

MS

Jovens escapam de sequestro após bandido acidentar carro

DOURADOS

Vítima de atropelamento na MS-156 tinha 21 anos e morava na Reserva Indígena  

REGIÃO

Mulher grávida morre após ser baleada em Caarapó