Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Se preciso levo candidatura à convenção do PT, diz Delcídio

01 outubro 2005 - 12h45

O senador Delcídio do Amaral (PT) disse há pouco, em entrevista coletiva, que continuará no partido e se for preciso disputará até convenção para ser candidato a governador. "Convenção não me assusta", declarou ele. Evidenciou que a decisão de permanecer no partido ocorrer depois de conversar com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teria lhe garantido apoio para a disputa do governo em 2006. Não chegou a fazer um "mea culpa", mas pediu "desculpas de público" à militância do PT pela demora na decisão do seu futuro político.Reafirmou, porém, que vai manter apoio às candidaturas de Saulo Monteiro, seu assessor, para a presidência regional do PT, na disputa com Mariano Cabreira, que tem apoio do governador Zeca do PT, e a Elza Jorge, do grupo do deputado federal Antônio Carlos Biffi, que enfrenta a vereadora Thaís Helena, esta apoiada também pelo governador. Ambos, Saulo e Elza, ladearam Delcídio durante a entrevista coletiva, marcada também pela presença de uma "clark" petista, que aplaudia o senador a todo momento e cantava palavras de ordem.Entende que a partir de agora as forças internas do PT têm de se unir em função do projeto político comum para 2006. "Ninguém é louco de ficar atirando pedra na lua", argumentou. Indagado se essa busca do entendimento também vale para a disputa pelo comando estadual do PT, marcado para o próximo dia 9 de outubro, Delcídio disse que isso ainda não estava em pauta.O apoio de Lula para a eleição do ano que vem, conforme Delcídio, começa agora com liberação de verbas e a implementação de projetos para equilibrar as finanças do Estado e garantir a mudança do perfil de desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul. "Senão fica difícil até numa campanha eleitoral dizer que o nosso governo valeu a pena", argumentou ele.A verba de compensação pelos gastos do Estado com o Ipemat deve sair parte neste ano e outra parcela em 2006, informou o senador. O Estado revindicou R$ 640 milhões pelas despesas que teve com inativos herdados do antigo Mato Grosso do Sul, mas o governo federal deve liberar menos que isso, possivalmente R$ 120 milhões.Delcídio disse que também conversou com Lula e a ministra Dilma Roussef sobre a implantação dos projetos estruturantes para mudar a economia do Estado. "A ministra Dilma confirmou o projeto da Termopantanal, dizendo que autorizou preço do gás mais barato, um assunto foi muito discutido nas duas últimas semanas. Isso viabiliza a Termopantanal. Está autorizando também o projeto do ferro-guza, essencial para implantação do pólo mínero-siderúrgico de Corumbá", informou.Com o presidente Lula, segundo o senador, também ficaram asseguradas liderações de recursos para infra-estrutura urbana de Mato Grosso do Sul e de emendas parlamentares constantes do Orçamento da União.Na próxima semana, Delcídio disse que vai falar com o ministro da Fazenda, Antônio Paloci, para que se comece esse processo de liberação dos recursos. O senador também ficou de conversar com a Procuradoria Geral da União sobre o parecer relativo ao acordo sobre o Ipemat.Entedende que com esse dinheiro novo o governador Zeca do PT poderá "fazer frente a todos os desafios" para que "2006 seja corado de êxito". Considera ser fundamental que Zeca "termine o governo bem". E revelou que um entendimento mais alinhado com o governador Zeca do PT deve prevalecer em breve, quando ambos voltarem a conversar, desta vez juntos, com o presidente Lula. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contêineres para descarte de resíduos sólidos são instalados em área indígena
DOURADOS
Contêineres para descarte de resíduos sólidos são instalados em área indígena
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
Prefeitura dá início a entrega de Kits Alimentação para mais de 8 mil alunos
DOURADOS
Prefeitura dá início a entrega de Kits Alimentação para mais de 8 mil alunos
Dourados estreia com derrota para o  Comercial no hexagonal
FUTEBOL
Dourados estreia com derrota para o Comercial no hexagonal
Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa em MS
PANDEMIA
Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa em MS
DOURADOS
Campanha quer arrecadar alimentos entre pessoas vacinadas contra a Covid
CRIME AMBIENTAL
Derrubada ilegal rende multa de R$ 36 mil a fazendeiro
IVINHEMA
Polícia encontra mais de 800kg de maconha em casa alugada para o tráfico
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2,5 milhões amanhã
JOGOS DE TÓQUIO
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados