Menu
Busca domingo, 13 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Schumacher é punido e vai largar em último

27 maio 2006 - 20h04

O piloto da Ferrari Michael Schumacher foi punido neste sábado e perdeu a pole position conquistada nos treinos classificatórios desta manhã, para o Grande Prêmio de Mônaco.A punição foi anunciada pela direção do GP e pela Federação Internacional de Automobilismo, que considerou que o heptacampeão mundial parou "deliberadamente seu carro no meio da pista", na curva Rascasse, bloqueando a pista e atrapalhando os demais pilotos, que ainda faziam voltas rápidas.Segundo melhor tempo deste sábado, o espanhol Fernando Alonso estará na primeira posição do grid. Ao seu lado, na fila inicial, largará o australiano Mark Webber, da Williams.Apesar de marcar a melhor volta do treino (1min13s898), Schumacher foi responsável por uma cena curiosa. Nos últimos segundos de treino, o piloto travou roda na curva e teve que praticamente estacionar o carro para não se chocar com a barreira. O incidente fez com que a direção de prova acionasse a bandeira amarela no local. Mesmo sem interromper a classificação, o problema tirou a última chance do espanhol Fernando Alonso, da Renault, de lhe roubar a posição de honra, deixando-o provisoriamente na segunda colocação, com 1min13s962.A inesperada falha de Schumacher foi imediatamente colocada sob investigação pelos comissários. Oito horas mais tarde, a FIA anunciou a decisão de punir Schumacher."Os comissários não encontraram razão justificável para que o piloto tenha freado de maneira tão inapropriada, excessiva e não-usual nesta parte do circuito e, então, não tem outra alternativa a não ser concluir que o piloto deliberadamente parou seu carro no circuito", disseram os integrantes da comissão, em comunicado oficial. "Esta é uma violação do artigo 116 do regulamento esportivo da Fórmula 1 e, por essa razão, uma infração na pilotagem", acrescentaram. O italiano Giancarlo Fisichella, da Renault, também foi punido - por atrapalhar a volta rápida de David Coulthard, da Red Bull - e perdeu cinco posições.O representante do Brasil mais bem colocado no grid é Rubens Barrichello, que conseguiu driblar os problemas com o controle de tração da Honda e, beneficiado pelas posições de Schumacher e Fisichella, sai em quinto, com 1min15s804. O também brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, larga no última fila por bater logo no início da sessão classificatória, na primeira eliminatória. O piloto não conseguiu fazer a curva à frente do Hotel de Paris e se chocou de frente com a barreira de pneus. O acidente acabou causando interrupção com bandeira vermelha. Com medo do tráfego e de acidentes que poderiam interromper o treino, a maioria dos pilotos saiu para a pista assim que os boxes foram abertos. Mas a batida de Massa foi o único grande problema durante toda a sessão.A corrida neste domingo tem largada marcada para as 9h (de Brasília) e será acompanhada ao vivo pelo Terra. 1. Fernando Alonso (Renault) - 1min13s962 2. Mark Webber (Williams/Cosworth) - 1min14s082 3. Kimi Räikkönen (McLaren/Mercedes) - 1min14s140 4. Juan Pablo Montoya (McLaren/Mercedes) - 1min14s664 5. Rubens Barrichello (Honda) - 1min15s804 6. Jarno Trulli (Toyota) - 1min15s857 7. David Coulthard (Red Bull/Ferrari) - 1min16s426 8. Nico Rosberg (Williams/Cosworth) - 1min16s636 9. Giancarlo Fisichella (Renault) - 1min14s396 (punido) 10. Ralf Schumacher (Toyota) - 1min14s398 11. Christian Klien (Red Bull/Ferrari) - 1min14s747 12. Vitantonio Liuzzi (Toro Rosso/Cosworth) - 1min14s969 13. Jenson Button (Honda) - 1min14s982 14. Jacques Villeneuve (BMW Sauber) - 1min15s052 15. Nick Heidfeld (BMW Sauber) - 1min15s137 16. Christijan Albers (MF1/Toyota) - 1min15s598 17. Scott Speed (Toro Rosso/Cosworth) - 1min15s993 18. Tiago Monteiro (MF1/Toyota) - 1min16s236 19. Franck Montagny (Super Aguri/Honda) - 1min17s276 20. Takuma Sato (Super Aguri/Honda) - 1min17s502 21. Felipe Massa (Ferrari) - sem tempo 22. Michael Schumacher (Ferrari) - 1min13s898 (punido) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL: Mortes por covid-19 somam 487,4 mil e casos chegam a 17,4 milhões
PANDEMIA
BRASIL: Mortes por covid-19 somam 487,4 mil e casos chegam a 17,4 milhões
Athletico Paranaense ganha do Grêmio em Porto Alegre e segue 100%
ESPORTE
Athletico Paranaense ganha do Grêmio em Porto Alegre e segue 100%
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
INTERNACIONAL
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Com 52% dos votos, Vanda Camilo é eleita prefeita de Sidrolândia
ELEIÇÃO SUPLEMENTAR
Com 52% dos votos, Vanda Camilo é eleita prefeita de Sidrolândia
Judô: Brasil bate Rússia e fatura o bronze por equipes no Mundial
ESPORTE
Judô: Brasil bate Rússia e fatura o bronze por equipes no Mundial
ESPORTE
Brasil fecha o Pan de ginástica de trampolim com mais dois ouros
LEITOS UTI COVID
Covid-19: Dourados transfere mais 2 pacientes para SP
CAMPO GRANDE
Pelo segundo ano consecutivo, bolo de 'santo casamenteiro' é vendido em pote e por drive-thru
COVID-19
Fila por leitos de UTI Covid volta a crescer em Dourados
PESQUISA
Primeira infância: família de classe D sofre mais impacto na pandemia

Mais Lidas

FLEXIBILIZAÇÃO
Decreto que libera atividades comerciais a partir de domingo é publicado
EMOCIONATE
VIDEO: Recuperada da Covid-19, douradense é recebida pela mãe em Rondônia
LOCKDOWN
Decreto flexibiliza atendimento via delivery no Dia dos Namorados em Dourados
LOCKDOWN
Fiscalização encontra funcionários dentro de filial das Casas Bahia em Dourados