Menu
Busca quarta, 05 de maio de 2021
(67) 99257-3397

São Paulo teme cartão vermelho contra o lanterna Flamengo

08 agosto 2004 - 09h33

O inimigo que mais assusta o São Paulo neste domingo em Volta Redonda não é o Flamengo, lanterna do Brasileiro, mas o cartão vermelho. No jogo das 15h, o time vai se defrontar com o pior mandante (duas vitórias e seis derrotas) e pior ataque (17 gols) do torneio. Com atletas a menos, a equipe do Morumbi, que disputa a liderança do Brasileiro com o Santos, venceu seus rivais, mas só quando atuou em seu estádio. Quando perde jogadores fora de casa, o São Paulo vira presa fácil para os adversários. Foi assim em quatro das cinco derrotas do time no torneio --Paysandu, Palmeiras, Santos e Botafogo. Apenas no revés para o Cruzeiro, no Mineirão, o time terminou o jogo sem atletas expulsos. "Acho que 85% dos times que jogam com atletas a menos perdem o jogo. Isso não pode acontecer, ainda mais numa partida importante como essa", diz o técnico Cuca, que cansou de dar bronca e castigo em seus atletas por causa da indisciplina. A estatística do treinador, porém, não vale para os jogos em casa. Contra Atlético-PR, Atlético-MG, Figueirense e Vitória os são-paulinos terminaram a partida com jogadores expulsos, mas saíram de campo vitoriosos. "Não sei o que acontece, mas no Morumbi nossa superação é maior", afirma Cuca. O clube do Morumbi atuou 262 minutos com menos de 11 jogadores em campo. Isso corresponde a quase três partidas ou 14% do tempo total de jogo do time no Nacional. O São Paulo teve dez atletas expulsos em oito jogos. Além da enxurrada de vermelhos, o time acumula 61 cartões amarelos. É o mais indisciplinado do torneio. "Acho que esse é o ano em que atuamos mais vezes com menos de 11 em campo. Desse jeito, vamos ter de treinar a equipe com dez", disse o goleiro Rogério. Para frear a onda de cartões, a diretoria decidiu multar jogadores que forem expulsos de maneira injustificável, segundo análise da própria cúpula do clube. O principal alvo é o atacante Grafite, atleta que mais levou cartões (um vermelho e nove amarelos). O jogador perdeu 10% de seu salário pela expulsão no jogo contra o Figueirense. Grafite, que levou o nono amarelo contra o Juventude, disse que não vai mais falar com os árbitros dentro de campo. "Estamos marcados. O juiz que me deu amarelo contra o Juventude [por reclamação] depois veio me dizer que foi muito rígido comigo. O melhor agora é ficar de boca fechada até eles esquecerem de mim", disse o atacante. O volante César Sampaio, que recebeu seu primeiro cartão atuando pelo São Paulo contra o Vitória, também acha que a equipe está sendo perseguida pela arbitragem no Brasileiro. "Em qualquer falta que fazemos a punição é imediata", diz ele

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ex-prefeito de Campo Grande é preso por corrupção e lavagem de dinheiro
JUSTIÇA
Ex-prefeito de Campo Grande é preso por corrupção e lavagem de dinheiro
DAC vence Operário de virada no Douradão e embola briga pelo título Estadual
FUTEBOL
DAC vence Operário de virada no Douradão e embola briga pelo título Estadual
Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade nos programas habitacionais do município
DOURADOS
Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade nos programas habitacionais do município
Riedel deve anunciar novos investimentos em infraestrutura em Dourados, diz Sérgio Murilo
POLÍTICA
Riedel deve anunciar novos investimentos em infraestrutura em Dourados, diz Sérgio Murilo
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda no dia de decisão sobre taxa básica de juros
ASSEMBLEIA
Deputado testa positivo para Covid e tem 50% do pulmões comprometidos
PANDEMIA
Sputnik V: Anvisa diz que atua com ética e respeito com as empresas
DOURADOS
Lei que cria Semana da Valorização da Cultura Indígena é promulgada
ECONOMIA
Preço da cesta básica tem diferença de até 28% entre mercados de Dourados
MATO GROSSO DO SUL
Presidente do Detran faz visita técnica em Dourados e possibilidade de Central de Exames

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Homem é preso suspeito de estuprar quatro sobrinhas em Dourados
DOURADOS
Fumaça em estrada causa colisão entre caminhões e leva transtorno a moradores; vídeo
PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira