sábado, 22 de junho de 2024
Dourados
22ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

São Paulo e Santos decidem classificação 'indesejável'

20 outubro 2004 - 20h32

Clássico de muita rivalidade, valendo vaga na fase internacional da Copa Sul-Americana e uma boa recompensa financeira. Apesar de todos estes ingredientes, o confronto entre São Paulo e Santos daqui à pouco no Morumbi está longe de empolgar os próprios atletas. Na verdade, a partida no estádio do Morumbi é tratada como um duelo corriqueiro. A eliminação, para qualquer dos dois times, não chegará a ser vista com grande tristeza. A intenção é vencer e encher os cofres com a premiação, porém, a derrota, representará também um alívio no planejamento para o Campeonato Brasileiro. O pensamento, antes restrito à Baixada Santista, chegou à capital e o maior entrave para isso é o próximo rival na competição: a LDU, do Equador, que forçará o vencedor do duelo paulista a jogar a 2.800m acima do nível do mar. Publicamente, os dois times apontam que jogarão para se classificar, mas nos bastidores não escondem que o clássico de domingo, também no Morumbi, pelo Brasileiro, tem maior importância. “Até o momento, a Copa Sul-Americana não nos atrapalhou em nada. A partir da próxima fase, as viagens para outros países irão complicar a recuperação de nossos jogadores. Todos sabem que não temos dois times para escalar”, alertou Leão, que, apesar das ressalvas, espera levar sua equipe para a fase internacional da competição. “Um time grande não pode reclamar se chegar em finais. Este é sempre o objetivo final”. Para o confronto de agora à noite, o treinador nem relacionou César Sampaio, que está recuperado de fratura no nariz. A aposta continua sendo na dupla de jovens marcadores formada por Alê e Renan. Jean deve ser mantido no ataque. A única dúvida é Danilo, que está com amidalite e pode dar vaga para Nildo. Jogando pelo empate por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, o Peixe deve optar novamente pela escalação de um time misto. O técnico Wanderley Luxemburgo fez mistério em relação à equipe titular, mas provavelmente poupará Deivid, Robinho, Elano, Ricardinho e Léo para o domingo. Quem pode entrar em campo são o zagueiro Ávalos, o lateral Paulo César e o volante Fabinho. Luxemburgo não revelou o time e os treinos foram pouco conclusivos. O mais provável é que ele repita a formação 3-5-2 da primeira partida, mas poupe boa parte dos titulares. A exemplo do que disse Leão, o treinador santista acredita que uma classificação para a fase seguinte representará um sacrifício maior ao elenco. “Conforme a competição se afunila, mais complicado fica. As viagens internacionais vão atrapalhar e dar uma sobrecarga, ainda mais se for na altitude”, explicou o santista. Luxemburgo teve o respaldo do preparador físico do clube, Antonio Mello, que também aponta os efeitos negativos da classificação.“Vai levar a um desgaste. Lógico que vencer não é ruim, mas tem seu preço no condicionamento físico. Um clube fazer 80, 90 jogos por ano é absurdo”, avaliou. Dentro da equipe, o clássico também está bem distante de empolgar. Robinho e Deivid não admitem publicamente, mas agradeceriam se ficassem no banco nesta quarta. “Não sabemos quem jogará na quarta. Mas sabemos que estamos preparados para ir bem no domingo”, disse Robinho. Como a prática do mistão foi comum na Sul-americana, o elenco do Santos está preparado para suprir a ausência dos titulares. Sem esta possibilidade de poupar jogadores, Leão vai escalar sua força total. No clube todos confiam muito no poder de fogo do São Paulo jogando no Morumbi para pelo menos fazer 1 a 0 e levar a disputa para os pênaltis. Se o interesse pela Copa Sul-Americana não é enorme, o São Paulo procura encontrar outras motivações. De acordo com os atletas e o treinador, vencer o Santos na quarta-feira será fundamental para o astral do elenco também para o jogo de domingo, pelo Brasileirão. “Trabalhar com alegria e com vitórias é muito mais fácil”, opinou Emerson Leão. FICHA TÉCNICA: SÃO PAULO x SANTOS Local: Estádio do MorumbiHora: 20h50 (MS) Árbitro: Wagner Tardelli (Brasil) Assistentes: Jorge Paulo Oliveira Gomes e Alessandro Rocha (ambos do Brasil) SÃO PAULO:Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Rodrigo; Cicinho, Alê, Renan, Danilo (Nildo) e Júnior; Grafite e Jean Técnico: Emerson Leão SANTOS: Mauro; Domingos, Ávalos e Leonardo; Paulo César, Zé Elias, Bóvio (Fabinho), Marcinho e Márcio; William e Basílio (Luís Augusto) Técnico: Wanderley Luxemburgo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quina de São João sorteia neste sábado prêmio de R$ 220 milhões
LOTERIA

Quina de São João sorteia neste sábado prêmio de R$ 220 milhões

Final de semana permanece quente e seco, mas temperatura despenca nos próximos dias
DOURADOS

Final de semana permanece quente e seco, mas temperatura despenca nos próximos dias

Cinema tem final de semana 'recheado' de Divertida Mente 2; veja programação
DOURADOS

Cinema tem final de semana 'recheado' de Divertida Mente 2; veja programação

Com dia extra, Festa Junina terá US Agroboy e Patrulha Canina no domingo
DOURADOS

Com dia extra, Festa Junina terá US Agroboy e Patrulha Canina no domingo

Atropelado por moto no Canaã IV morre após duas semanas internado no HV
DOURADOS

Atropelado por moto no Canaã IV morre após duas semanas internado no HV

ENQUETE

Maioria concorda com suspensão a deputados briguentos, aponta enquete

FUTEBOL

Rodada do Brasileirão tem Gre-Nal no Paraná e mais três jogos neste sábado

TRÁFICO

Polícia apreende drogas em Mundo Novo e identifica adolescente infrator

BRASIL

Lula diz que sancionará projeto que libera cassinos e jogos de azar

VIOLÊNCIA

Morto pelo Batalhão de Choque era Policial suspeito de roubo

Mais Lidas

DOURADOS

Ladrões fazem 'arrastão' e levam quatro caminhonetes durante a madrugada

BIOGRAFIA

Gretchen revela traição do pai de Thammy e cantor Chrystian com chacretes

MARCELINO PIRES

Funcionário de supermercado é detido após desviar mais de R$ 2,4 mil do caixa em Dourados

CRIME

Polícia recupera caminhonete e prende quadrilha que fez 'arrastão' em Dourados