segunda, 08 de agosto de 2022
Dourados
22°max
17°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

São Caetano vence o Vasco de virada em São Januário

12 setembro 2004 - 17h12

O São Caetano não tomou conhecimento do Vasco e venceu o adversário, de virada, por 2 a 1,  ontem à tarde, em São Januário, pela trigésima rodada do Campeonato Brasileiro. Desta maneira, o Azulão chegou aos 49 pontos e segue entre os primeiros, enquanto os vascaínos ficam com 35, e cada vez mais ameaçados pelo rebaixamento. No próximo sábado, o time paulista recebe o Grêmio, enquanto os vascaínos jogam no dia seguinte contra o Botafogo. O Vasco começou o jogo dando trabalho para o goleiro Sílvio Luiz. Com menos de dois minutos, ele teve que se esticar para cortar um cruzamento de Anderson, que chegava em Valdir. Logo após, o Bigode arriscou de longe e Sílvio fez boa defesa. O goleiro do Azulão só não conseguiu parar o ataque vascaíno aos nove. Ygor chutou de fora da área e a bola sobrou para Anderson dominar e chutar no canto esquerdo. Mesmo após o gol, a dupla de ataque do Vasco continuou incomodando o sistema defensivo do São Caetano. Valdir foi lançado em velocidade, aos 12, mas trombou em Mineiro e acabou perdendo boa chance. Poucos minutos depois, Thiago Maciel cruzou para Anderson, que cabeceou rente à trave de Sílvio Luiz. Perdido em campo até então, o time paulista só levou perigo pela primeira vez aos 25 minutos, com um chute de Triguinho, que saiu à direita de Tadic. O lance animou o Azulão, que assustou novamente em cobrança de falta de Anderson Lima. Aos 31, o lateral voltou a aparecer e cruzou para Euller empatar de cabeça. A virada quase veio na sequência, quando Tadic precisou mostrar reflexo para defender um chute de Euller, e que foi desviado no caminho. No fim do primeiro tempo, o Azulão teve outra grande oportunidade, quando Euller recebeu cruzamento e acertou a trave do goleiro vascaíno. O Vasco voltou do intervalo dando a impressão de que desejava apagar a má impressão deixada no fim do primeiro tempo. Com um minuto. Petkovic fez boa jogada pela direita e cruzou para Ygor, que cabeceou fraco e facilitou a defesa de Sílvio Luiz. Com o passar do tempo, porém, a equipe carioca voltou a mostrar os mesmos erros de jogos anteriores, para desespero da torcida vascaína. Um dos poucos lúcidos em campo, Petkovic achou Valdir livre aos 17, mas o atacante chutou torto e perdeu a oportunidade. Já o São Caetano, assim como já havia acontecido na etapa inicial, foi se acertando aos poucos e chegou à virada aos 22. Paulo Miranda dominou de fora da área e acertou um bonito chute no ângulo de Tadic, que nem se mexeu no lance. Mesmo não jogando bem, o Vasco quase empatou aos 31, quando Anderson recebeu passe de Ygor e bateu forte no travessão de Sílvio Luiz. Geninho tentou mudar o panorama com algumas substituições, mas não teve sucesso e saiu hostilizado pela torcida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Varíola dos macacos: entidades criticam estigma a homossexuais

Homem é espancado em construção abandonada na Capital
POLÍCIA

Homem é espancado em construção abandonada na Capital

GERAL

Justiça nega 'habeas corpus' pedido pela defesa do cônsul alemão

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel
REGIÃO

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel

CULTURA

Academia Brasileira de Letras reabre bibliotecas para o público

CAPITAL

Mulher capota veículo e é socorrida pelo Corpo de Bombeiros

DIREITOS HUMANOS

Lei Maria da Penha completa 16 anos neste domingo

POLÍCIA

Foragido da justiça é preso em abordagem na fronteira

POLÍTICA

Eleições 2022 mantém maioria do eleitorado feminina, com 53%

POLÍCIA

Boca de fumo é fechada e traficante preso na fronteira

Mais Lidas

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

SUSPEITO FOI PRESO

Casal de idosos é assassinado em residência no centro de Coxim

REGIÃO

Corpo de idoso é encontrado carbonizado em residência destruída por incêndio