Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

São Caetano e Atlético-MG empatam em 1 a 1 em casa

12 agosto 2004 - 22h19

O São Caetano queria chegar mais perto da zona de classificação para a Libertadores. Já o Atlético-MG sonhava com uma vitória para começar o segundo turno com fôlego novo. As pretensões de ambos, no entanto, foram por água abaixo com o empate em 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no estádio Anacleto Campanella, no ABC. Dessa maneira, a equipe paulista termina o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com 33 pontos e na 11ª colocação. O time mineiro, por sua vez, chegou a 28 pontos e subiu para a 17ª posição, mas permanece perto da zona do rebaixamento. O que ficou comprovado com o resultado desta noite é que as duas equipes não ficaram satisfeitas com o rendimento no primeiro turno da competição. O São Caetano, que depois de conquistar o Paulistão tornou-se um dos favoritos ao título nacional, fez uma campanha com muitos altos e baixos e depois que liderou o torneio por uma rodada caiu de produção drasticamente. O Atlético-MG viveu um drama ainda maior nessa primeira fase. Afinal, a equipe de Jair Picerni (que já foi comandada por Paulo Bonamigo) figurou algumas rodadas na zona do rebaixamento e continua ameaçada pelo fantasma da série B. Na próxima rodada, a primeira do segundo turno do Campeonato Brasileiro, ambos jogam no domingo. O São Caetano enfrenta o Vitória, no estádio Barradão, em Salvador, às 18h. Já o Atlético-MG recebe o Palmeiras, no Mineirão, em Belo Horizonte, às 16h. O jogo:Com forte marcação no meio-de-campo. Foi dessa maneira que São Caetano e Atlético-MG iniciaram a partida desta noite, no ABC paulista.Dessa maneira, os goleiros foram apenas bons espectadores do jogo até os 10min. Antes disso, só o time mineiro conseguiu chegar ao gol adversário. Mas desperdiçou uma incrível chance. Aos 6min, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para o meia Zé Luís, que, de frente para o gol, chutou rasteiro e viu a bola raspar a trave direita de Silvio Luiz. A equipe do ABC teve sua primeira oportunidade em cobrança de falta aos 13min. O ala Ânderson Lima cobrou cruzada da direita e obrigou o goleiro Danrlei a se esticar toda para desviar a bola para escanteio. Aos poucos o São Caetano conseguiu chegar mais ao ataque e pressionou o Atlético-MG no seu campo de defesa. Aos 20min, após boa jogada de Triguinho pela esquerda, Marcinho ajeitou de calcanhar para o meia Éder, que chutou de primeira e Danrlei defendeu. Um minuto depois o defensor da equipe de Jair Picerni não conseguiu evitar o gol do time paulista. Após bobeada da zaga adversária, o atacante Fabrício Carvalho aproveitou a sobra, avançou para a área e chutou para o fundo do gol na saída de Danrlei Em desvantagem no placar, o Atlético-MG teve que sair mais para o jogo. No entanto, os seus atacantes não conseguiram furar o bloqueio armado pelo São Caetano. A única chance do alvinegro depois que sofreu o gol foi aos 31min, quando a bola sobrou para o lateral-esquerdo Rubens Cardoso, que chutou cruzado da entrada da área e acertou em cima da zaga adversária. Mais bem organizado em campo, o time do técnico Péricles Chamusca não chegou com perigo ao gol, mas soube administrar a posse de bola e garantir a vantagem parcial. No segundo tempo, o Atlético-MG voltou com mais vontade e partiu para o ataque logo no início. Mas a primeira boa chance aconteceu aos 7min, quando Alex Mineiro recebeu a bola na grande área, chutou cruzado e Silvio Luiz evitou o gol. No rebote, Tucho arrematou e o zagueiro Serginho desviou antes que a bola entrasse. O início de reação da equipe mineira, no entanto, parou por aí. Aos poucos o São Caetano conseguiu acertar a marcação e voltou a dominar a partida, que caiu de produção após os 10min da etapa final. Aos 24min, o atacante Fabrício Carvalho teve uma ótima chance de marcar mais um. O jogador recebeu a bola sozinho na grande área, mas chutou em cima do goleiro Danrlei, que desviou para escanteio. Se o São Caetano desperdiçou a chance que teve de ampliar, o Atlético-MG não perdeu a de empatar o jogo. Aos 27min, o meia Tucho cobrou falta cruzada na área e Zé Luís aproveitou a bobeira de Silvio Luiz para marcar de cabeça. Aos 32min, o time do ABC perdeu um jogador expulso. Depois de trocar socos com o atacante Alex Mineiro, o zagueiro Serginho recebeu o cartão vermelho. O jogador do Atlético-MG, que também merecia sair, levou apenas cartão amarelo. Com um jogador a mais em campo, o Atlético-MG aproveitou para pressionar o rival no campo de defesa e tentar a virada. No entanto, o São Caetano conseguiu se segurar e evitar a derrota frente à sua torcida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido