terça, 18 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
23°min
Campo Grande
35°max
24°min
Três Lagoas
36°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Sandra deixou o Governo de MS junto com Agamenon

13 setembro 2003 - 06h35

Ex-militante do extinto PCB em Mato Grosso do Sul, Sandra Recalde assumiu a coordenação de Comunicação do governador Zeca do PT depois de ter trabalhado na campanha derrotada do engenheiro Ricardo Bacha, pelo PSDB. Ela deixou o Governo em abril de 2001, após as denúncias de envolvimento no desvio de recursos do FAT. A Procuradoria da República abriu inquéritos civil e criminal para apurar as denúncias, mas os processos ainda não foram concluídos. Em abril de 2002, o próprio superintendente estadual de Relações no Trabalho e Renda, Ananias Costa dos Santos, admitiu que tinha havido desvio de recursos do FAT, mas afirmou que o valor era pouco superior a R$ 400 mil, o equivalente a 10% do que fora apontado pela auditoria realizada pelo Ministério do Trabalho. A auditoria, que calculara em R$ 4 milhões o valor total da fraude, investigou diversos convênios do FAT e não especificamente o caso envolvendo Sandra e Agamenon do Prado, à época secretário do Trabalho (e atualmente secretário de Formação Política do PT estadual), e que também deixou o Governo. Segundo denúncias que estão sendo investigadas pelo Ministério Público Federal, o governo de Mato Grosso do Sul fez 23 repasses para a empresa Informe, registrada em nome de Carmem Lúcia Baraúna Recalde, irmã de Sandra. Os valores variavam de R$ 4 mil a R$ 25 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com alta de casos de Covid em Dourados, prefeitura avalia decreto com medidas
PANDEMIA

Com alta de casos de Covid em Dourados, prefeitura avalia decreto com medidas

Jovem vê anúncio no Facebook e acaba vítima de golpe
GLÓRIA DE DOURADOS

Jovem vê anúncio no Facebook e acaba vítima de golpe

SAÚDE

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Homem é preso por atear fogo em moto e pertences da mulher com quem divide a casa
PONTA PORÃ

Homem é preso por atear fogo em moto e pertences da mulher com quem divide a casa

Projeto obriga governo federal a custear alimentação de moradores de rua na pandemia
POLÍCIA

Projeto obriga governo federal a custear alimentação de moradores de rua na pandemia

PANDEMIA

Média móvel de casos de Covid continua aumentando em Dourados

DOURADOS

Bicicleta é furtada em condomínio na Vila Aurora

CAPITAL

Pela 7° vez, Polícia Civil fecha 'bunker' de drogas

STF

Ministra Rosa Weber remete ação da Abraji sobre Assédio judicial diretamente ao Plenário

REGIÃO

Veículo furtado é abandonado em via pública e polícia recupera

Mais Lidas

REGIÃO

Ação conjunta apreende carga de cocaína avaliada em mais de R$ 7 milhões

DOURADOS

Rede Municipal realiza 1ª designação de alunos nesta segunda-feira

DOURADOS

Mulher 'ostenta' pistola em bairro e acaba presa por porte ilegal

MS

Homem morre enquanto tomava cerveja e suspeita é de envenenamento